Neymar se diz surpreso com o assédio no Japão e afirma que Pelé é único

Com toda sua irreverência característica também fora das quatro linhas, o craque Neymar concedeu entrevista coletiva, organizada pela Fifa, no Japão, país que sedia…

Neymar é a principal estrela do Peixe no Japão. (Foto/Divulgação)

Com toda sua irreverência característica também fora das quatro linhas, o craque Neymar concedeu entrevista coletiva, organizada pela Fifa, no Japão, país que sedia a Copa do Mundo de Clubes da Fifa, da qual o Santos é o representante brasileiro.

Um dos assuntos abordados pelos jornalistas durante o bate-papo com Neymar, que teve ainda as presenças do técnico Muricy Ramalho e do meia Elano, foi o assédio dos fãs japoneses em relação à joia santista. Neymar se mostrou surpreso. “Chega a ser surpreendente. Ser reconhecido do outro lado do mundo me deixa muito feliz. Agradeço a todos pelo carinho, a todos os japoneses. Fui recebido muito bem aqui”, comentou o atacante.

Tido como um dos melhores jogadores do mundo, já que foi indicado para concorrer ao prêmio Bola de Ouro da Fifa mesmo atuando longe da Europa, Neymar esbanja talento dentro de campo. Diante da meteórica carreira do atleta, a imprensa do mundo todo chega a compará-lo a Pelé, maior jogador de futebol de todos os tempos.

Entretanto, Neymar não concorda com a comparação e afirma que Pelé é único. Além disso, o craque do Peixe se diz concentrado na disputa do Mundial. “Esta comparação é uma honra muito grande, mas Pelé é único e ninguém vai chegar aonde ele chegou. Estou focado neste Mundial, que é muito importante. Não só para mim, mas para todos os companheiros”, declarou Neymar.

O Santos estreia na Copa do Mundo de Clubes na próxima quarta-feira (14). O adversário do Peixe sairá do confronto entre Kashiwa Reysol, do Japão, e Monterrey, do México, que medem forças no domingo, dia 11, em partida válida pelas quartas de final da competição.

Continuar Lendo  Para espantar a crise, Atlético Mineiro e Flamengo duelam em Sete Lagoas

Top