Netinho recebe alta

O cantor Netinho, de 47 anos, deu motivos para os fãs, amigos e familiares comemorar muito, na última terça-feira, 20 de agosto.  Ele deixou…

O cantor Netinho, de 47 anos, deu motivos para os fãs, amigos e familiares comemorar muito, na última terça-feira, 20 de agosto.  Ele deixou o Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, após meses de internação.

Netinho recebeu alta nessa semana (Foto: Divulgação)

Complicações do quadro de Netinho o levou a hospital de São Paulo

Netinho estava no hospital desde 10 de maio. No fim de abril, quando ainda recebia tratamento na cidade de Salvador, médicos encontraram alterações no fígado do cantor. Ao realizar uma biópsia para descobrir as causas do problema, Netinho teve uma hemorragia. Netinho ficou 16 dias internado em um hospital em Salvador antes de ir para São Paulo se tratar.

Netinho melhora em São Paulo

Transferido para o hospital na cidade de São Paulo, Netinho apresentou melhora nos primeiros dias em seu quadro. Porém, ainda sofreu um pequeno derrame e foi obrigado a passar por procedimentos para diminuir a pressão no crânio. Desde o final do mês de julho, o cantor realizava exercícios no centro de recuperação.

A assessoria de imprensa de Netinho declarou na última quarta-feira (15 de agosto), por meio de postagem nas redes sociais, que ele “está cada vez melhor” e cumprindo todas as atividades de fisioterapia e fonoaudiologia.

Netinho receberá acompanhamento em casa (Foto: Divulgação)

Como tudo começou

Netinho teve problemas de saúde ainda em março, na Bahia. Uma dor forte na coxa direita foi a sua primeira reclamação. O cantor procurou a emergência de um hospital e foi internado por conta do problema. Foram feitos exames para identificar a causa da dor, e foi constatado um rompimento do músculo da perna. Outros exames mostraram algumas alterações no fígado. Foi quando a biópsia hepática foi realizada e a história do cantor começou a complicar.

Leia Também:  As Exigências de Axl Rose para o Rock in Rio 2011

Netinho foi transferido para São Paulo a pedido da família e foi tratado com antibióticos, melhorou e chegou a ir para uma unidade de terapia semi-intensiva. Porém, o quadro voltou a preocupar e ele chegou a voltar para a UTI depois de sentir fortes dores de cabeça. Netinho teve o quadro complicado por ter uma dificuldade de recuperação em seu organismo, pois a hemorragia sofrido no fígado geralmente é curada pelo próprio órgão, sem maiores complicações.

Top