Netflix: Saiba o que é e Como Funciona

O Netflix, uma locadora virtual americana que acaba de aportar no Brasil, promete ser a mais nova sensação da internet. Os usuários vão pagar…

Por Redacao em 15/09/2011

O Netflix, uma locadora virtual americana que acaba de aportar no Brasil, promete ser a mais nova sensação da internet. Os usuários vão pagar por mês R$14,99 e poderão assistir a filmes, documentários e séries pelo computador, videogames e televisões com acesso à rede mundial de computadores de forma ilimitada. Em breve, também poderão ser vistos por celulares e tablets.

Como a empresa é nova por aqui, a Natflix está oferecendo o primeiro mês de acesso ao site de graça, para que todos possam sentir como é feito o serviço. Para assistir aos filmes, não é necessário fazer download, basta escolher o título e pronto.


São muitas vantagens que podem levar milhões de brasileiros ao Netflix: em primeiro lugar a comodidade, já que não vai ser mais preciso sair de casa para alugar aquele blockbuster; depois vem o preço bem mais em conta se comparado às lojas físicas e a possibilidade de assistir aos filmes quantas vezes quiser e a hora que quiser, pois o serviço é ilimitado. Ainda existe a chance de poder pagar por unidade e nesse caso, o cliente tem acesso ao produto durante 48 ou 24 horas. Nessa situação, o aluguel é de R$3,90 para títulos em catálogo e R$6,90 para lançamentos.

Uma grande sacada é que a programação poderá ser acessada aonde o usuário estiver, pois em breve ela estará disponível para o iPhone e iPad. Outra boa notícia é que aqueles que se tornarem assinantes e por ventura não quiserem mais poderão cancelar a assinatura sem reembolsos ou multas.

Mesmo sabendo como funciona o Netflix, é importante também entender que não só de aspectos bons vive a mais nova sensação da internet aqui no Brasil. Há alguns aspectos que acabam tornando-o um pouco desvantajoso. O primeiro deles é que a maior parte dos títulos somente chega às mãos dos assinantes após terem sido lançados nas locadoras físicas, dessa forma, a defasagem é de cerca de um ano, no caso de pagamento por unidade, o acesso aos novos é simultâneo à chegada deles às locadoras de vídeo.

Outro ponto negativo do Netflix é que ele depende da banda larga, o que no Brasil é algo extremamente deficiente, já que as operadoras não fornecem internet móvel com qualidade, elas só são obrigadas a fornecer 10% da velocidade contratada. De 81,3 milhões de brasileiros que possuem banda larga, somente 15,8 milhões têm a fixa. Alguns usuários que já experimentaram o serviço afirmam que o catálogo é fraco, mas isso é mais para quem está acompanhando todos os lançamentos dos últimos anos.

Atualmente, a internet tem essa característica, mais conhecida como web 2.0: a interatividade. As redes sociais estão aí para dar o que falar, os internautas definem o que querem ler, escrever, comprar, vender, alugar, trocar… Enfim, são muitas opções cada vez mais personalizadas, mais com a cara de quem está do outro lado da telinha e o Netflix tem tudo a ver com esses tempos. Ele sinaliza a época do vídeo por demanda. Para saber mais sobre ele, acesse www.netflix.com.br. Aperte o play e divirta-se bastante.

Top