Na raça, Timão vence o Bahia e é vice-líder

Gol de Emerson Sheik colocou o Corinthians na vice-liderança do Brasileirão Do jeito que a Fiel gosta. Assim pode ser classificada a vitória do…

Gol de Emerson Sheik colocou o Corinthians na vice-liderança do Brasileirão

Gol de Emerson Sheik colocou o Corinthians na vice-liderança do Brasileirão

Do jeito que a Fiel gosta. Assim pode ser classificada a vitória do Corinthians por 1 a 0 contra o Bahia, no Pacaembu. Depois de três partidas sem vencer, o Timão faz as pazes com a vitória e reassume a vice-liderança. Já o Bahia, mesmo com o revés, segue fora da zona do rebaixamento.

Partida sonolenta no Pacaembu

Corinthians e Bahia disputaram um primeiro tempo morno no Pacaembu. Com poucas chances de gol para ambos os lados, o jogo teve pouca emoção em seus primeiros 45 minutos.

Aos seis minutos, os baianos criaram uma boa oportunidade para balançar as redes. Após cobrança de escanteio, Junior, de cabeça, mandou a bola no travessão. Na sobra, Titi cabeceou, mas Julio Cesar fez grande defesa e espalmou para escanteio.

Já o Timão assustou aos 13 minutos. Alex ajeitou de cabeça para o meia Danilo soltar o pé, mas pela frente estava o goleiro Marcelo Lomba, que fez uma defesa segura.

Depois disso, a partida seguiu muito disputada no meio de campo, mas os times encontravam uma enorme dificuldade na hora de resultar a posse de bola em chances reais de gol. Diante da falta de inspiração, o primeiro tempo só poderia mesmo terminar em 0 a 0.

Sheik decide

A segunda etapa continuou fraca tecnicamente. Apesar de permanecer mais tempo com a bola nos pés, o Timão não conseguia penetrar a zaga baiana. No contra-ataque quem assustou foi o Bahia. Carlos Alberto cruzou para trás e Fabinho chutou sobre o gol.

Mas aos 13 o Corinthians traduziu sua superioridade em gol. Alex cruzou pela esquerda, a zaga afastou, mas a bola sobrou para Emerson Sheik encher o pé e abrir o placar.

Leia Também:  De olho na liderança, Corinthians recebe o Avaí no Pacaembu

Depois do gol, o Timão soube segurar a bola e evitar que o time baiano ameaçasse. Emerson, William e Alex trocavam bons passes e administravam a vantagem. Sem força ofensiva, o Bahia não agredia o Corinthians. Aos 39, Emerson Sheik ainda foi expulso, mas o fato de jogar com um a menos nos últimos minutos não comprometeu a vitória do Timão.

Top