sexta-feira, 3 de fevereiro de 2023 - 03/02/2023 11:14:52
MundodasTribos

As oportunidades de emprego no Brasil tornaram-se ainda mais complicadas com o início da pandemia do coronavírus, portanto é interessante aproveitar todo tipo de oportunidade que surge, e no Anhangabaú ocorrerá um mutirão de empregos, promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores e a UGT. 

Esse mutirão continuará até o dia 04/09 com início no dia 30 de agosto de 2021. Essa ação é bem conhecida por possuir enormes filas, no centro da cidade de São Paulo, e a segunda edição será online. No ano passado eram cerca de 300 mil cadastros para apenas 8 mil vagas. 

O que este artigo aborda:

Quantas empresas oferecerão vagas?

Serão 45 empresas que oferecerão vagas com mais de 12 mil propostas na área comercial, indústria e demais serviços. Para ser possível participar devem apenas se cadastrar no site o que equivalerá à um currículo, por exemplo, além de informar dados sobre escolaridade, habilidades, cursos e demais experiências. Os dados para contato são importantes!

Mutirão de empregos online oferece 12 mil vagas até sábado

Fonte/Reprodução: Original

O principal objetivo é fazer com que as barreiras entre os candidatos e o RH sejam diminuídas, de acordo com o presidente da UGT e sindicato dos Comerciários, Ricardo Patah. Com as taxas de desemprego, os números de candidatos continuarão a aumentar em níveis exponenciais.

Outros dois sindicatos participam desse mutirão: Sindicato do Asseio e Conservação, mais conhecido como Siemaco e Sindicato dos Padeiros.

Desemprego no Brasil

No primeiro trimestre de 2021 as taxas de desemprego chegaram a 14,6% e foram divulgadas no final do mês de julho pelo IBGE. Apenas em São Paulo é possível ver a mesma porcentagem de taxa apontada por uma análise realizada por Seade e divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 

Houve uma pequena diminuição desta taxa de 0,6%, o que claramente ainda é um problema enorme no Brasil porque o desemprego continua a aumentar sem parar. Grande parte disso se dá pela pandemia do coronavírus, uma vez que diversos trabalhadores MEI precisaram fechar suas portas por falta de clientela e pelo medo de se infectar.

São 14 milhões de desempregados à procura de um novo trabalho para sustentar a si e a família, porém muitas empresas passaram a ser ainda mais exigentes em um momento completamente problemático.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Felipo Bellini

Empresário, Tradutor e professor formado em Letras Inglês. Atualmente gerencio a empresa Tutora.me - Uma rede social de educação que visa a interação entre professores e alunos - e a empresa Traduza.biz - especializada em tradução acadêmica.

1

Pode ser do seu interesse

Em sete anos, número de cartões de crédito cresceu 132% no Brasil

Em sete anos, número de cartões de crédito cresceu 132% no Brasil

Será liberado até R$ 3 mil de empréstimo para usuários do Caixa TEM

Será liberado até R$ 3 mil de empréstimo para usuários do Caixa TEM

Taxas do Detran podem ser pagas por Pix

Taxas do Detran podem ser pagas por Pix

Dicas para investir na poupança

Dicas para investir na poupança

Venda a descoberto: o que é?

Venda a descoberto: o que é?

Simulador Caixa Habitação

Simulador Caixa Habitação