Músicas para casamento: dicas para escolher

A lista de músicas do casamento é muito importante. Qualquer momento especial torna-se ainda mais emocionante, com a presença da música. É por isso…

Por Editorial MDT em 14/01/2013

A lista de músicas do casamento é muito importante. Qualquer momento especial torna-se ainda mais emocionante, com a presença da música. É por isso que as cerimônias de casamento e outras sempre são amparadas por um fundo musical. O setlist deve ser adequado ao ambiente, às partes tradicionais que compõem o casamento e também devem ter relação com a vida do casal, afinal, todo o evento tem um significado muito maior para os noivos. Na hora de escolher músicas para casamento, muita coisa acontece. É preciso saber fazê-lo. Confira algumas dicas que poderão ajudar o casal, nesta tarefa.

Marcha Nupcial continua sendo a mais pedida, para a entrada da noiva (Foto: Divulgação)

Como e quando escolher as músicas

É bom que os noivos tenham em mente a necessidade de antecedência. Não adiantar imaginar mil músicas que significam muito ao casal, se a banda ou orquestra contratada não souber tocá-las. O mínimo para a procura de profissionais são 8 meses. Mesmo assim, um ano de antecedência, pelo menos, é mais garantido. Quem já decidiu quais serão as canções de casamento deve procurar músicos que aceitam ensaiar novos arranjos pois, geralmente, as músicas reproduzidas estão reservadas, de acordo com o que a maioria dos noivos escolhe.

O momento da troca de alianças também deve ter uma música adequada (Foto: Divulgação)

Também é importante conhecer a letra das músicas, mesmo que elas estejam em outras línguas e os noivos as amem. É preciso optar por músicas adequadas para casamento, com letras bonitas e românticas, que contam histórias de felicidade, fé e realização de sonhos. Muitas vezes, a música tem uma letra repleta de tristeza e os noivos, sem saber, a escolhem para o momento da troca de alianças! Não é adequado.

Dicas para escolher

O setlist de casamento deve ter certa harmonia, como um todo. Isso quer dizer que não se deve escolher estilos de músicas muito diferentes entre si, para as fases da cerimônia. Por exemplo, a noiva entra com uma canção clássica e, no momento dos cumprimentos, ouve-se uma música popular; em seguida, quando todos saem, um rock é tocado. É preciso que as músicas tenham mínima relação.

A cerimônia de casamento é composta por fases tradicionais. É indicado escolher canções para cada uma delas. Geralmente, é reproduzida uma música para a entrada do noivo, que ele deve escolher. Na entrada de daminhas e pajens é comum uma canção que remeta à infância. Quando a noiva entra, com ela vem outra canção. A famosa Marcha Nupcial é a mais pedida, mas pode-se escolher outra, de acordo com o gosto pessoal.

A música para saída dos noivos deve ser alegre (Foto: Divulgação)

A música para a bênção das alianças costuma ter um tema religioso, como a famosa Ave Maria. Já o momento dos cumprimentos pede uma canção ainda calma, mas que tenha a ver com os pais e a família. Finalmente, a música para a saída da igreja deve ter tema e ritmo mais alegre, pois é a partir deste momento que os noivos estarão juntos. Consulte um profissional, antecipadamente, pedindo sugestões. É importante fazer um teste com os músicos, para comprovar a qualidade de seu trabalho.

Saiba quais são as canções mais frequentes: As músicas mais pedidas nos casamentos

Veja sugestões para a abertura: Músicas ideais para abertura de casamento

Top