Musculação na gravidez – como funciona

As recomendações para não fazer nenhum tipo de atividade física durante a gravidez são ultrapassadas e hoje, isso está mais do que comprovado. Os…

Por Editorial MDT em 20/01/2012

Exercícios físicos beneficiam a gravidez

As recomendações para não fazer nenhum tipo de atividade física durante a gravidez são ultrapassadas e hoje, isso está mais do que comprovado. Os benefícios da prática de exercícios são inúmeros, dentre os quais podemos citar uma melhora da disposição da gestante e até mesmo a diminuição das intercorrências médicas.

Que o exercício faz bem, ninguém pode negar, entretanto, deve-se tomar muito cuidado com o tipo de atividade praticada. A musculação faz parte dos exercícios liberados pelo médico nesse período, ao contrário do que a maioria das pessoas pensa!

Benefícios da musculação

Dentre os principais benefícios da musculação, os que se destacam são:

  • Fortalecimento dos membros, em especial os inferiores. A gestante estará melhor preparada  para sustentar seu próprio peso, além dessa medida facilitar o parto normal;
  • Prevenção do ganho de peso excessivo, o que pode evitar complicações no curso da gestação;
  • Combate ao estresse;
  • Melhora da coordenação motora;
  • Previne diabetes gestacional;
  • Recuperação mais rápida no pós-parto. A mulher que pratica musculação apresenta a capacidade de voltar à sua antiga forma física mais rapidamente, o que também ajuda muito a autoestima e é uma forma de prevenir a depressão pós-parto.

Cuidados

Antes de correr para a academia, é essencial que a gestante passe por uma consulta médica, onde será examinada minuciosamente. Apenas com a liberação médica a futura mamãe pode dar início aos treinos, sempre lembrando de seguir as recomendações do especialista.

Tenha cuidados especiais nesse momento da sua vida

Recomendações Especiais

O período gestacional é uma fase muito especial e peculiar, e a mulher deve ter isso em mente quando for escolher o profissional que irá acompanhá-la durante os treinos. É indicado que o educador físico tenha conhecimento especializado no assunto, pois só assim ele conseguirá perceber qualquer alteração metabólica ou cardiovascular que a gestante possa vir a apresentar, garantindo-lhe segurança e bem-estar. Alongamentos e caminhadas após a musculação são ótimas formas de terminar o treino e dar uma boa relaxada e vão prevenir dores musculares.

É fundamental que, durante todo tempo em que praticar os exercícios, tanto a mulher como seu educador físico não percam o foco de que o objetivo, nessa fase, é garantir mais qualidade de vida e não ficar sarado. A intensidade do treino deve levar em conta a capacidade física da gestante e ainda respeitar o aumento do volume abdominal.

Caminhadas são ótimos exercícios para a gestante e o bebê

A musculação durante a gestação, desde que liberada pelo médico e acompanhada por um profissional entendido no assunto, é muito bem-vinda e só irá trazer benefícios.

Top