Mulheres são mais suscetíveis à depressão

Uma pesquisa realizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) revela que as mulheres são mais suscetíveis a ter depressão, se comparado com o sexo…

Uma pesquisa realizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) revela que as mulheres são mais suscetíveis a ter depressão, se comparado com o sexo oposto. Os dados apontam dois casos femininos para cada caso masculino. Em decorrência da doença, o mesmo estudo aponta que as mulheres consomem cerca de 70% dos remédios antidepressivos. Considerando os números gerais da pesquisa, estima-se que 17% da população adulta mundial pode sofrer de depressão em algum momento da vida, sendo que 154 milhões de pessoas no planeta são pegas pela doença em um determinado momento da vida.

Saiba mais sobre: Tratamento Gratuito Para Depressão

Com a nova posição da mulher na sociedade, a depressão ficou mais presente (Foto: Divulgação)

Porque as mulheres têm mais chances de ter depressão?

As mulheres têm mais chances de terem depressão devido a características fisiológicas e genéticas e em especial a aspectos hormonais, sobretudo a partir dos 50 anos, quando tem início a menopausa. Além disso, o chamado sexo frágil mudou de função social. Antes, ela ficava em casa cuidando da família e hoje acumula funções: trabalha, estuda, cuida da família e ainda tem de ficar sempre linda para cumprir padrões sociais. A pressão aumentou e muitas mulheres não conseguem tratar o assunto de modo natural, tendo depressão.

Mulher es têm mais chances de ter transtornos mentais que homens

Além da depressão, a pesquisa da Organização Mundial de Saúde aponta que as mulheres também têm mais transtornos mentais, como por exemplo, Transtorno Bipolar e Transtornos da Ansiedade. Mas, o ponto positivo da classe feminina é não ter vergonha de assumir a doença e, no geral, buscar tratamento, algo que com os homens é mais complicado de acontecer.

Leia Também:  10 dicas para ter uma gravidez saudável

Confira também: Dicas Para Sair Da Depressão Sem Remédios

Cerca de 10% da população brasileira tem depressão (Foto: Divulgação)

Brasil é o país com mais casos de depressão em todo mundo

Ainda utilizando dados da OMS, no ano passado, o Brasil liderou o quadro de pessoas com depressão. Cerca de 10% da população brasileira sofre do mal. Japão figurou o topo da lista como país com menos incidência – de apenas 2,2% da população. Essa doença tem cura e seus principais sintomas são: humor deprimido, atividade reduzida, perda de prazer e interesses, diminuição da energia, fadiga, concentração diminuída, sentimento de culpa e de inutilidade, diminuição de autoestima e autoconfiança, visão pessimista do futuro, ideias de suicídio, alteração no apetite, irritabilidade, impaciência, alteração do sono, dificuldade para tomar decisões. Caso tenha pelo menos três desses sintomas, procure ajuda médica.

Top