Móveis que funcionam como divisórias

Nos imóveis modernos, é fácil encontrar cômodos que foram beneficiados pelo sistema de integração. Esta característica da arquitetura contemporânea que tem como objetivo excluir…

Delimitar os espaços é possível através dos móveis.

Nos imóveis modernos, é fácil encontrar cômodos que foram beneficiados pelo sistema de integração. Esta característica da arquitetura contemporânea que tem como objetivo excluir algumas paredes e aumentar a área de convivência da casa ou apartamento.

Com as divisões mais abertas, os moradores encontram facilidades para se comunicar e desfrutam de maior interação. Antigamente este contato maior dentro da residência não era possível porque as paredes atuavam como barreiras, contribuindo até com a questão do isolamento. Mas, graças às novas propostas de design de interiores, ocorreram transformações significativas.

A queda de algumas paredes se tornou uma solução para casas e apartamentos pequenos. Desta forma, foi possível integrar dois ou três ambientes com total harmonia e conforto. Vários benefícios estão associados à integração, como por exemplo, o convívio mais direto entre os moradores.

Agora a mulher que está preparando o jantar pode acompanhar sua novela sem se deslocar de um lugar para o outro. Ou, os amigos acomodados na sala podem se sentir a vontade para conversar com o anfitrião que está cozinhando.

Nem sempre a integração de ambientes é positiva, afinal, ela compromete a privacidade de determinados cômodos e requer mais cuidado na hora de fazer as combinações entre os elementos decorativos.

Com a ausência das paredes, às vezes acaba ficando complicado definir exatamente os ambientes residenciais. Sala de estar e sala de jantar se confundem, tal como a cozinha e a lavanderia que compartilham grandes espaços. Neste tipo de situação, a mobília pode atuar como divisória.

Móveis para separar ambientes

O aparador atrás do sofá funciona como divisória.

Os móveis são responsáveis por acrescentar funcionalidade aos cômodos, além de contribuir com a organização. Eles também podem atuar no espaço residencial como divisórias, substituindo as paredes de uma maneira bem natural e clara. Nem precisa de biombo para separar as áreas, basta estabelecer as divisórias imaginarias.

Leia Também:  Outubro Rosa para prevenção do câncer de mama

Versáteis e flexíveis, os móveis garantem mais liberdade para estabelecer as divisões dentro do imóvel. Eles delimitam os ambientes de maneira clara e sabem como aproveitar o espaço da melhor forma possível. Entre os vários itens mobiliários disponíveis a venda nas lojas, é possível destacar alguns ‘coringas’.

A primeira sugestão para delimitar ambientes é o uso do aparador, um móvel multiuso e perfeito para estabelecer a divisão entre sala de jantar e sala de estar. A peça pode ser colocada atrás do sofá, tanto para separar espaço como também estilo.

Os móveis de dupla face conseguem solucionar a divisão do espaço, de maneira bem discreta e simples. Outra possibilidade é o uso de uma estante vazada, que consegue separar cômodos de maneira bem harmoniosa.

Divisão estabelecida por meio da estante vazada.

Aproveite as dicas e inove a decoração!

Top