Motos elétricas para crianças: mais baratas

Há algum tempo, quando as crianças começavam a atingir certo tamanho, os pais sempre as presenteavam com um belo velotrol. Após muito treino, o…

Há algum tempo, quando as crianças começavam a atingir certo tamanho, os pais sempre as presenteavam com um belo velotrol. Após muito treino, o baixinho, já um pouco maior e querendo partir para novas emoções, passava a pedir uma bicicleta, no Dia das Crianças. A partir daí, a diversão e a desenvoltura evoluíam, permitindo a retirada das rodinhas de segurança e a criança, então, ganhava as ruas. Hoje em dia, muitos pais preferem que seus pequenos não se aventurem, fora de casa. Procuram, então, proporcionar emoções a eles, dentro do quintal. Um dos brinquedos mais indicados, para isso, são as motos elétricas.

Alguns detalhes encarecem o brinquedo (Foto: Divulgação)

Não é necessário que a criança seja grandinha, para ter estes brinquedos. As motos elétricas existem em tamanhos diferentes, adequados ao público infantil. Exemplos são as do tipo mini, para crianças com 2 anos de idade, ou mais. Geralmente, estes brinquedos são destinados não apenas a emoção de pilotar uma motocicleta (ainda mais forte, nos meninos). Existe, também, a intenção pedagógica do produto, que promete auxiliar o desenvolvimento da coordenação motora dos pequenos. As motos elétricas para crianças, no entanto, ainda são um desejo que não pode ser atendido por todos os pais. Algumas custam muito caro e podem não corresponder à realidade do orçamento familiar.

Fatores que encarecem as motos elétricas

Geralmente, estes produtos funcionam à base de baterias recarregáveis, que podem durar mais ou menos. Este é um dos fatores que podem encarecer o brinquedo. O material de que são feitas também é contado: umas são mais resistentes; outras, não. Outros atributos como buzina, rádio, farol, retrovisor ou controle remoto também podem encarecê-las.

Leia Também:  Ar Condicionado Portatil Preço, Modelos

 

Existem motos a partir de R$300 (Foto: Divulgação)

Crianças, como sabemos, gostam de emoção. A velocidade atingida pela motoquinha também é um fator de encarecimento. Da mesma forma, motos mais sofisticadas (como os quadriciclos) costumam subir muito o preço do brinquedo. No entanto, existem modelos mais baratos de motos elétricas para crianças, que podem proporcionar a mesma emoção a elas.

Motos elétricas mais baratas para crianças

Existem marcas tradicionais, em brinquedos. Uma delas é a Bandeirantes, que possui um catálogo grande de modelos de motos elétricas para crianças. A variedade, para meninos e meninas, é grande. Contudo, modelos mais simples e menores custam, geralmente, a partir de R$ 350.

Quanto mais simples o modelo, mais barato, é claro (Foto: Divulgação)

Outras marcas como Track a Bike e Biemme também têm modelos de motoquinhas com preços mais acessíveis. Ao pesquisar diversas lojas virtuais, possível encontrar modelos de R$ 300 a R$500. O ideal é fazer uma busca pelas marcas citadas, em diferentes lojas, para que se possa fazer uma comparação dos preços de motos elétricas para crianças.

Os meninos têm ainda mais fascínio pelas motos (Foto: Divulgação)

Veja outros tipos de brinquedos: Brinquedos educativos para presente no Dia das Crianças

Saiba como presentear os pequenos: Presente ideal para cada faixa etária

 

Top