Morre Emílio Santiago

Emílio Santiago faleceu na manhã desta quarta-feira (20), aos 66 anos de idade. O cantor ficou internado durante treze dias no Centro de Terapia…

Emílio Santiago faleceu na manhã desta quarta-feira (20), aos 66 anos de idade. O cantor ficou internado durante treze dias no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

Emílio Santiago morreu após 13 dias internado. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Emílio Santiago sofre AVC e está internado

A morte de Emílio Santiago

No dia 7 de março, Emílio Santiago sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e foi levado imediatamente para o Hospital Samaritano. Em seu primeiro dia de internação, o cantor recebeu a visita de amigos e familiares, como é o caso da cantora Alcione.

A princípio, os médicos consideraram o quadro de Emílio Santiago como bom. O cantor não apresentou sequelas graves de imediato e estava conversando com as pessoas. Ele permaneceria 72 horas no hospital para fazer os exames necessários, mas o tempo de internação se estendeu.

Nos últimos dias, Emílio Santiago estava tentando se recuperar do AVC isquêmico, mas acabou não resistindo às complicações do seu quadro. O velório do cantor será realizado no Memorial do Carmo, no Caju, na Região Portuária do Rio.

Emílio Santiago não conseguiu vencer o AVC isquêmico. (Foto:Divulgação)

Vida e carreira de Emílio Santiago

Emílio Santiago nasceu no dia 6 de dezembro de 1946, na cidade do Rio de Janeiro. Ele chegou a concluir a faculdade de Direito, porém a paixão pela música falou mais alto. No início de sua carreira, o cantor e compositor foi influenciado por nomes como Nelson Gonçalves, Cauby Peixoto e Anísio Silva.

No começo de sua jornada musical, Emílio Santiago participou de muitos festivais e shows de calouros. A oportunidade para gravar o primeiro LP veio em 1975, quando investiu na regravação de canções esquecidas de cantores famosos.

Continuar Lendo  Ken brasileiro gasta mais de R$ 350 mil para parecer namorado da Barbie

Em 1985, Emílio Santiago foi escolhido como o melhor intérprete do Festival dos Festivais, realizado pela TV Globo. Três anos depois o cantor gravou o primeiro disco da série ‘Aquarela Brasileira’, no qual resgatou músicas da cultura brasileira.

Em pouco tempo, Emílio Santiago se tornou um dos grandes nomes da MPB. Sua série composta por sete discos foi sucesso de vendas, com quatro milhões de cópias comercializadas.

A última aparição do cantor na TV foi no programa "Encontro com Fátima Bernardes" . (Foto:Divulgação)

Ao longo de sua carreira, Emílio Santiago lançou 30 álbuns e 4 DVDs. O último trabalho do sambista foi “Só Danço Samba (Ao Vivo)”, lançado em 2012. Considerado um artista premiado, Emílio levou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode em 2013.

Entre as músicas mais conhecidas de Emílio Santiago, estão: “Verdade Chinesa”, “Tudo que se quer”, “Saigon”, “Mulher”, “Inigualável Paixão” e “A Lua e Eu”.

O AVC pegou Emílio Santiago de surpresa. Três dias antes de sofrer o derrame, o cantor participou do programa “Encontro com Fátima Bernardes” e cantou os seus maiores sucessos. Ele também tinha shows marcados para o mês de março, mas infelizmente não pôde cumprir a sua agenda.

Veja também: AVC é a principal causa de mortes no Brasil

Top