Morar junto ou casar: O que é mais vantajoso

Atualmente, muitos casais optam por evitarem a burocracia do casamento para apenas morarem juntos, sem papéis que comprovem essas uniões. Porém, essas uniões podem…

Não importa casar ou morar junto, contanto que a decisão seja feita pelo casal. (Foto: Divulgação)

Atualmente, muitos casais optam por evitarem a burocracia do casamento para apenas morarem juntos, sem papéis que comprovem essas uniões. Porém, essas uniões podem ser desvantajosas para eles em alguns casos, do mesmo modo que o casamento também tem as suas desvantagens. Portanto, saiba o que é mais vantajoso: morar junto ou casar?

O casamento, por ser realizado perante as leis dos homens e as leis de Deus, vem sempre acompanhado de muitas obrigações e, por isso, algumas pessoas se sentem sufocadas nele. Mas por outro lado, traz vantagens tanto para o homem como para a mulher como planos de saúde mais baratos e melhores, inclusão como dependentes em clubes, associações e benefícios e direitos caso o relacionamento não perdure.

O casamento traz mais estabilidade por ser amparado pela lei. (Foto: Divulgação)

morar juntos significa ter mais liberdade por não pedir tanta responsabilidade. Além do mais, esse tipo de união mostra que tanto o homem quanto a mulher entraram em um acordo para poderem dividir um teto. Sendo assim, cada um cumprirá com as suas responsabilidades sem precisar assinar papéis. Entretanto, entre as desvantagens de se morar junto estão: não poder incluir o parceiro em planos de saúde e outros benefícios e não ter o resguardo da lei caso haja o rompimento do casal.

Morar junto requer maturidade do casal. (Foto: Divulgação)

Contudo, é preciso conhecer os perfis do homem e da mulher que se unirão, pois isso é muito importante para saber qual o tipo de relacionamento será melhor para eles. Um casal mais tradicional certamente preferirá o casamento, pois assim, poderão agradar os seus familiares e a sociedade, enquanto um casal mais moderno será muito mais feliz se apenas morar sob o mesmo teto. Além disso, o casal por si deve entrar em um acordo para que essa decisão seja feita de forma justa para ambos os envolvidos, deixando de lado as opiniões de amigos e parentes, afinal, as vidas pertencem a eles.

Leia Também:  Dieta saudável para cães: dicas, cuidados

Não existe relacionamento mais vantajoso. O importante é que cada casal opte pelo que é melhor tanto para o homem quanto para a mulher. Portanto, casar-se ou morar junto é uma decisão que deve ser tomada somente entre os cônjuges, porque a interferência externa só servirá para causar desgostos e tristezas.

Top