Montar uma loja virtual, passo a passo

Quando o comércio eletrônico chegou ao Brasil, na segunda metade dos anos 90, as pessoas sentiam muito medo de confiar em uma loja virtual…

Quando o comércio eletrônico chegou ao Brasil, na segunda metade dos anos 90, as pessoas sentiam muito medo de confiar em uma loja virtual para fazer as compras. Com o tempo, as empresas que vendem pela internet começaram a conquistar a confiança do consumidor e apostaram em preços mais atrativos do que as lojas físicas.

Antes de abrir uma loja virtual, é preciso conhecer a fundo o comércio eletrônico. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: E-commerce: dicas para montar

Hoje, quem compra em uma loja virtual conta com comodidade e segurança. As empresas de e-commerce trabalham com diferentes formas de pagamento, apresentam uma variedade maior de produtos e ganham o cliente também por causa das ofertas.

De acordo com dados da empresa de consultoria e-bit ‘WebShoppers’,  somente no primeiro semestre de 2012, o comércio eletrônico faturou R$ 10,2 bilhões no Brasil. A pesquisa revelou ainda que 8 mil lojas virtuais foram criadas neste período e 5,6 milhões compraram online pela primeira vez.

Com o comércio eletrônico se revelando um setor bastante lucrativo, os empreendedores estão começando a usar a internet para abrir o próprio negócio. No entanto, é necessário ter um planejamento e conhecer bem o setor de e-commerce antes de apostar em qualquer investimento.

Passo a passo para abrir uma loja virtual

Confira a seguir o passo a passo para abrir uma loja virtual:

1. Para construir uma loja virtual é necessário obter o máximo de informações possíveis sobre o negócio. Também é importante não se limitar apenas aos dados quantitativos das pesquisas, mas sim conversar com outros proprietários e funcionários de lojas virtuais;

Para dar certo, a loja virtual necessita de um planejamento. (Foto:Divulgação)

2. A loja virtual necessita de um planejamento antes de ser construída. Para elaborá-lo, o empreendedor precisa definir quais produtos pretende vender, qual o público-alvo, como vai surpreender os clientes, se vai necessitar de funcionários e quais as estratégias para garantir espaço no mercado;

Continuar Lendo  Sine Paraíba: vagas de emprego disponíveis

3. Depois de se certificar de que a ideia é uma grande oportunidade de negócios online, o empreendedor precisa elaborar um plano para incluir todos os gastos. Ele deve calcular o investimento inicial, os custos e as despesas;

4. A loja virtual deve ter, obrigatoriamente, um endereço físico. Para que o negócio tenha legalidade, o proprietário deve tomar os mesmos cuidados da abertura de uma empresa formal;

5. Se empreendedor não tem condições ainda de manter o seu próprio estoque, ele pode fechar parcerias com varejistas para começar as vendas online;

O site precisa ser fácil de mexer e despertar o interesse do consumidor. (Foto:Divulgação)

6. A criação do site é um passo muito importante, pois é neste ambiente virtual que as compras serão realizadas. O layout deve ser agradável, fácil de mexer e capaz de transmitir confiança. O empreendedor também deve buscar um sistema de pagamento seguro e oferecer detalhes sobre os produtos;

7. Com a loja virtual pronta, é preciso iniciar o trabalho de divulgação. Somente através da propaganda o site ganhará visibilidade no competitivo cenário do e-commerce.

Veja também: Binizinate: plataforma que ajuda a montar o próprio negócio

Top