Moda Vintage

Vintage Se você ainda tem aquela ideia de que brechó só vende coisas velhas, mal cuidadas e de segunda mão, está muito enganado. Atualmente,…

Vintage

Se você ainda tem aquela ideia de que brechó só vende coisas velhas, mal cuidadas e de segunda mão, está muito enganado. Atualmente, a tendência do vintage conquistou seu espaço nas ruas e no estilo de vida das pessoas.

Roupas usadas eram associadas à ações de caridade mas, no final dos anos 1990, subiram a um nível mais alto quando começaram a ser vistas no dia-a-dia de pessoas com certo status na sociedade. O termo vintage foi, então, adotado pela moda como um eufemismo para a palavra “velha”, só que com um toque mais elegante.

Esse estilo veio à tona na década de 1990, com o intuito de estimular uma moda mais individual e customizada, almejando também a sustentabilidade em reaproveitar e reciclar as roupas, ao invés de só consumir coisas novas e dar fim às coisas velhas. A diferenciação e reaproveitamento das roupas fizeram do vintage um estilo charmoso.

As roupas vintage se caracterizam pelo seu uso prévio ou não, e principalmente pela sua data histórica, que precisa ter no mínimo 20 anos, e também conta em sua definição que represente um momento da moda. Os bons conhecedores de moda sabem identificar se a peça é vintage ou apenas retrô. O retrô é um tipo de estilo que se refere à reprodução de uma peça de roupa de uma época, diferente do vintage que é a peça original.

A mídia é muito responsável pela disseminação desse estilo, assim como as celebridades, que fazem o uso da tendência e suas vidas são mostradas em revistas de moda e na internet. Kate Moss assinou uma coleção para a rede de fast fashion Topshop com um toque vintage, as peças são inspiradas na tendência e vão de vestidos de renda à blusas com paetês. Essa tática de levar o estilo para as lojas foi muito bem recebida pelas pessoas que não se interessam por brechós, porém, é um custo mais alto e as roupas não são originais.

Leia Também:  Como usar Vermelho - Dicas e Looks

O vintage alcançou seu espaço também nas principais maisons de moda, em que seus designers aproveitam dessa tradição para pesquisar em arquivos e reproduzir peças clássicas em suas coleções. Yves Saint Laurent e Balmain apostaram na tendência.

O estilo também é encontrado em acessórios, como as bolsas da Chanel com alças de corrente. Celebridades trouxeram a bolsa de volta para o uso no dia-a-dia e virou febre entre as reles mortais fahsionistas.

A moda sempre busca inspirações nas outras épocas, e essa nostalgia faz parte do sucesso em utilizar elementos icônicos no mundo atual. Se quiser adquirir peças vintage procure por um brechó conceituado, todas as peças são cuidadas e o ambiente é pra lá de interessante.

Top