Moda Plus Size – Inverno 2011

As gordinhas finalmente ganharam espaço no mundo fashion. Sim, não é mais preciso vestir apenas batas, camisetões e as poucas roupas que, até pouco…

As gordinhas finalmente ganharam espaço no mundo fashion. Sim, não é mais preciso vestir apenas batas, camisetões e as poucas roupas que, até pouco tempo, eram os únicos achados para quem estava acima do peso. Agora existe até semana de moda dedicada exclusivamente a quem veste GG. Em fevereiro, o Centro de Convençoes Frei Caneca, em São Paulo, recebeu a terceira edição do Fashion Weekend Plus Size. Confira algumas das tendências outono-inverno para as mulheres extra-poderosas!

Recém-inaugurada na capital paulista, a Magnólia (www.magnoliaplusize.com.br) é uma loja de multimarcas que vende desde peças beachwear até lingeries. Para a temporada, a marca apresentou vestidos acinturados de malharia com recortes geométricos, maxi-coletes e blusas que mesclam renda com viscoelastano. A loja também investe na alfaiataria, com peças como chemises, trench coats e conjuntos sociais – em tecidos mais planos, como sarja e tricoline.

Outra marca de São Paulo é a Spicy & Vita (www.spicyvitta.com.br), esta de Americana, investe em uma coleção demarcada por estampas e aviamentos: botões de metal, tachas, pedrarias e zíperes aparentes são detalhes que levantam qualquer look, especialmente as blusas de moletom e malha que integram a linha da grife. Os tecidos mais aparentes são os que imitam pele de animais e pontos abertos de tricô (como plush e veludo molhado). Para valorizar os corpos curvilíneos, muito decote em V, listras diagonais e o corte de alfaiataria.

Diretamente de Joinville, a Exuberance (www.exuberancenet.com.br) tem como proposta o lema Be Free (Liberte-se). Sendo assim, a marca promove roupas que permitam movimento e liberdade total! Sendo assim, malhas e tricôs são destaques da linha, presentes em blusas, cardigãs, vestidos… A cartela de cores aposta em tons terrosos, além de cores da estação, como azul petróleo e verde militar.

A alfaiataria também marca presença na coleção da Flight Level (www.flightlevel.com.br), que tem como inspiração as divas do cinema hollywoodiano da década de 50. O resultado são blusas que realçam o busto e calças de corte mais reto. Os detalhes reafirmam a proposta da marca, com peles sintéticas, pences na cintura, broches de pedras, bordados, strass e golas em pelúcia. A marca investe ainda em sua segunda grife, a Maria Joaquina, voltada às crianças de cinco a doze anos. A linha tem muitos babados, poás, xadrezes e rendas, em modelagens mais soltas, que permitem liberdade e conforto.

Deixando a moda casual um pouco de lado, o estilista Edson Eddel (www.edsoneddelnoivas.com.br), especializado em roupas de festa, surge com uma coleção que tem como tema a sustentabilidade. Suas criações mesclam materiais recicláveis – como lacres de latinhas de alumínio, plásticos e saco de juta – com forros de tecidos nobres – como tafetá e xantungue. Os vestidos, além de incentivarem a criatividade e reaproveitamento, são resistentes e valorizam o corpo da mulher curvilínea.

Gordinhas também têm direito a lingerie exclusiva! A Ness (www.nesslingerie.com.br) aposta nos tons neutros – nude, preto e marrom – para baby dolls, corpetes e calcinhas e sutiãs com laterais mais largas. Os sutiãs, alias, têm barbatanas para reforçar a estrutura. Aplicações de babados, fitas de cetim, paetês e pedrarias completam o look.

Já a Signorelli by Sizély (www.sizely.com.br) tem sua coleção inspirada nos anos 60, em especial, no seriado Mad Men. As peças têm estampas com listras de zebra e xadrez e detalhes em renda e tule. Às mulheres que reclamam do aperto dos sutiãs, a marca propõe alças acolchoadas com travamento e fechos com até quatro regulagens.

A Eurico (www.eurico.com.br), pioneira em calçados de grandes numerações, resolve outro problema enfrentado pelas moças plus size: sapatos que caibam nos pés! Com número até 43, a linha tem botas de cano alto, open boots, scarpins e oxfords com tiras de pele ou textura croco, sandálias com aplicações de taxas e ilhoses metalizados e mocassins com fivelas reguláveis.

Por fim, a Korukru traz acessórios assinados pela designer Luciana Oliva. Inspirada nas pin ups, a linha conta com corpetes e cintos de couro – com aplicações de tachas, ilhoses e pedras, além de colares, pulseiras e até mesmo… algemas!

Leia Também:  As principais tendências inverno 2013

Top