Moda evangélica: regras para se vestir

Todos podem ter liberdade para se vestir. No entanto, as pessoas que optam por seguir os preceitos de uma religião devem estar atentas ao…

Todos podem ter liberdade para se vestir. No entanto, as pessoas que optam por seguir os preceitos de uma religião devem estar atentas ao seu código de vestimenta. Atualmente, temos visto um aumento das opções em roupas para evangélicas. Muitas marcas, inclusive, surgiram para atender, exclusivamente, esse público. É o caso, por exemplo, da Via Caruso Moda Evangélica, que cria roupas femininas lindas e discretas, mostrando que os trajes comportados também podem ser elegantes. As mulheres que seguem esta religião não precisam, é claro, adquirir suas roupas apenas em lojas especializadas neste setor. Elas têm liberdade para comprar seus trajes em qualquer loja, desde que as escolhas não fujam às regras de moda evangélica. Veja algumas delas.

Roupas não podem mostrar o busto, nem os ombros (Foto: Divulgação)

Regras para moda evangélica

As roupas evangélicas devem sempre ser muito discretas. Por isso mesmo é que as blusas, por exemplo, não podem ser decotadas. A regra é que o colo e os ombros não fiquem à mostra. Por isso, as blusas devem ser fechadas, nestas áreas. Da mesma forma, a barriga deve estar oculta. De nada adianta optar por um modelo que a esconda se, ao levantar os braços, ela apareça.

Quanto às saias evangélicas, faz parte das regras que elas não tenham a modelagem ajustada ao corpo. As peças devem ser mais soltinhas. O comprimento, por sua vez, deve na altura ou abaixo dos joelhos. Todas estas regras simples também podem ser aplicadas nos vestidos.

Um exemplo, de acordo com as regras (Foto: Divulgação)

A mulher evangélica, ao contrário do que muitos pensam, também pode seguir as tendências de moda. Basta que ela tenha bom senso, procurando adaptá-las ao código de vestimenta de sua religião. Como exemplo, podemos citar um vestido ou uma saia que tenha o comprimento nos joelhos. Combinando-as com uma bota moderna, um cinto e um casaco do tipo sobretudo bem estiloso, o look ficará moderno, elegante e discreto, tal como pedem as regras evangélicas para se vestir.

Leia Também:  Problemas de saúde causados por anabolizantes

Roupas não adequadas à moda evangélica

Nesta imagem, a roupa central não seria adequada (Foto: Divulgação)

A título de curiosidade, tem sido usado o termo Pirigospel, no meio evangélico. Ele serve para designar mulheres que se vestem de uma forma que tenta mascarar a sua real intenção. Exemplo disso são blusas que cobrem os ombros e o busto, mas que têm partes de tecido com transparência. Também pode-se dizer o mesmo das que usam saias longas ou blusas compridas, porém muito ajustadas ao corpo. Isso tem acontecido, principalmente, na moda jovem evangélica, causando desconforto às outras mulheres da congregação. Portanto, quem é evangélica deve verificar se suas roupas estão de acordo com as regras da religião.

Top