Mitos e verdades sobre ronco

Algumas características faciais do indivíduo podem colaborar com o aparecimento do ronco. Assim, nem sempre esse distúrbio do sono está diretamente relacionado a um…

Por Editorial MDT em 31/12/2012

Algumas características faciais do indivíduo podem colaborar com o aparecimento do ronco. Assim, nem sempre esse distúrbio do sono está diretamente relacionado a um problema de saúde. Tendo isso em vista, separamos alguns mitos e verdades sobre o ronco.

Saiba onde comprar o aparelho anti-ronco.

O problema de ronco é mais comum entre os idosos. (Foto: divulgação)

Conheça alguns mitos e verdade sobre o ronco

Muitas pessoas sofrem com os distúrbios do sono, em especial, com o ronco. Devido a isso, separamos algumas informações sobre esse problema tão comum em nosso meio.

  • O ronco é considerado uma doença – mito

Apenas o ronco, não é considerado uma doença, nem mesmo é responsável por causar dano à saúde do indivíduo. No entanto o ronco pode ser a manifestação clínica da apneia do sono, um problema de saúde que necessita de acompanhamento especializado.

  • A apneia do sono é um problema que surge com o ronco – mito

A apneia do sono não é uma consequência direta do ronco. Existem indivíduos que roncam e não possuem apneia, outros que possuem apneia, mas não roncam, assim como indivíduos que sofrem com os dois problemas. No entanto, especialistas afirmam que o ronco pode se transformar em apneia do sono por consequência do envelhecimento.

  • Indivíduos que dormem de barriga para cima são mais afetados pelo ronco – verdade

Quando o indivíduo dorme de barriga para cima, a língua pode cair para trás e dificultar a passagem de ar através da faringe. Com a diminuição do espaço, o ar possui dificuldade em passar e acaba gerando o ronco. Além disso, se a língua do indivíduo for muito grande, ela pode ser responsável pelo desenvolvimento da apneia do sono.

Muitos indivíduos apresentam distúrbios do sono, em especial, o ronco. (Foto: divulgação)

  • A forma do pescoço e da língua pode manifestar o ronco – verdade

A apneia do sono, assim como o ronco podem ser manifestados por diversas razões, incluindo os problemas craniofaciais, como tamanho e posição da língua, formato da mandíbula, gordura na região do pescoço e flacidez muscular.

  • O sono profundo pode manifestar o ronco – mito

Muitas pessoas acreditam que o ronco é um sinal de sono profundo, um grande erro! Na verdade, o ronco colabora com os despertares noturnos e frequentes. Dessa forma, o indivíduo que apresenta o problema não consegue descansar e acaba acordando com sono e indisposta.

  • Os roncos afetam mais os idosos – verdade

Devido ao envelhecimento, os músculos da faringe e da laringe ficam flácidos, favorecendo o estreitamento da passagem de ar. Como resultado, os idosos apresentam mais roncos do que os indivíduos mais novos.

  • O ronco afeta mais os homens obesos – verdade

Um fator de risco muito importante para o desenvolvimento do ronco e da apneia do sono, é a obesidade. Isso porque, quanto maior for a gordura na região cervical, menor será o espaço para a passagem de ar dentro da garganta, o que colabora com o aparecimento do ronco.

A obesidade é um fator de risco para o ronco. (Foto: divulgação)

Um número muito importante da população ronca. Devido a isso, após conhecer alguns mitos e verdades sobre o ronco e caso sofra com o problema, busque a orientação de um especialista, para evitar futuras e graves consequências.

Saiba como tratar o ronco infantil.

Top