Mitos e verdades sobre o cigarro Mitos e verdades sobre o cigarro

Mitos e verdades sobre o cigarro

Mesmo sabendo dos malefícios que o cigarro pode oferecer ao organismo, o número de fumantes está aumentando com o tempo. Porém, é preciso ressaltar…

Por Editorial MDT em 26/09/2013

Mesmo sabendo dos malefícios que o cigarro pode oferecer ao organismo, o número de fumantes está aumentando com o tempo. Porém, é preciso ressaltar que nem todas as associações que são realizadas ao cigarro são verdadeiras. Conheça alguns mitos e verdades sobre o cigarro.

Conheça alguns mitos e verdades sobre o cigarro. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre o cigarro

O cigarro é composto por diversas substâncias maléficas ao organismo. São diversas as consequências que esses produtos químicos podem causar ao corpo do fumante. Porém, mesmo com o cigarro, existem alguns mitos que não são reais. Tendo isso em vista, separamos alguns mitos e verdades sobre o cigarro.

  •  O cigarro causa dependência.

Verdade – De acordo com especialistas, da mesma forma que outras drogas como a bebida alcoólica e a cocaína, o cigarro também preenche os critérios relacionados à dependência. Entre eles, podemos citar:

  • O indivíduo fumante está sempre em busca do efeito psico-ativo do produto, por da sensação de prazer, relaxamento e mesmo, para aliviar o estresse.
  • O indivíduo fumante vai perdendo a tolerância. Ou seja, cada vez mais a pessoa precisa fumar para ter o efeito desejado.
  • O fumante costuma perder o controle do hábito. Dessa forma, usa de forma compulsiva o cigarro ou mesmo, interrompe as atividades prazerosas para fumar.

    Diversas doenças tem relação direta com o vício do cigarro. (Foto: divulgação)

  • o tabagista costuma perder o controle quando não fuma, ou memso, deixa de realizar atividades que antes eram prazerosas, para fumar.
  • O fumante começa a apresentar sintomas de abstinência, caso fica muito tempo sem fumar. Entre as manifestações, podemos citar perda da concentração, irritabilidade, aumento do apetite e crises de fissura.
  • Constantes quadros de recaídas diante da tentativa de cessação do hábito.
  • O indivíduo fumante se submete a diversos riscos para poder ter acesso ao cigarro. Ou seja, acorda de madrugada para compra cigarros ou fuma, mesmo quando está doente.
  • O cigarro de cravo traz menos consequência maléfica ao corpo.

Mito – De acordo com especialistas, o cigarro de cravo também possui nicotina, em sua composição, além de altos teores de alcatrão e monóxido de carbono. Dessa forma, apresenta as mesmas consequências maléficas que qualquer outro tipo de cigarro.

  • O tabagismo tem efeito maléfico acumulativo.

Verdade – Os danos causados pelo tabagismo são acumulativos e quanto mais tempo a pessoa fuma, maior o risco de desenvolvimento de doenças fatais. Dessa forma, é importante cessar o tabagismo, o quanto antes.

O cigarro pode trazer diversas consequências ao individuo. (Foto: divulgação)

O tabagismo é um vício muito grave e que contribui com o desenvolvimento de diversas doenças. Após conhecer mais sobre os mitos e verdades sobre o cigarro e após conhecer as consequências desse produto, é importante buscar a orientação de um especialista e cessar o vício.

Top