Mitos e verdades sobre cerveja

Muitas pessoas acreditam que a cerveja dá barriga, aumenta o colesterol, e que as melhores unidades são vendidas em garrafas verdes, mas será que…

Muitas pessoas acreditam que a cerveja dá barriga, aumenta o colesterol, e que as melhores unidades são vendidas em garrafas verdes, mas será que isso tudo é verdade? Conheça várias curiosidades sobre essa bebida, que é uma das mais consumidas no país, e veja os mitos e verdades sobre a cerveja.

Conheça as maiores marcas de cerveja do mundo.

Confira alguns mitos e verdades sobre a cerveja. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre a cerveja

  • De acordo com a origem da água a cerveja muda de sabor

Mito. Na verdade acontece que, independente de fonte em que a água é captada, todas as cervejarias produzem uma água especial, com características físico-químicas próprias para a produção da bebida e que, por isso, é chamada de “água cervejeira”.

  • O suco de laranja é mais calórico que cerveja

Verdade. Apesar do suco de laranja ser indiscutivelmente muito mais saudável, 300 ml dessa bebida possui 180 calorias, enquanto que a mesma quantidade de cerveja possui apenas 120 calorias.

  • As cervejas mais escuras possuem teor alcoólico maior

Mito. A mudança do tom da bebida é o resultado do uso do malte torrado na cerveja preta, o que não tem nada a ver com o teor alcoólico, que seria um fator determinado pela quantidade de malte usado no preparo da bebida.

  • Cerveja que esquenta e depois é gelada novamente fica “choca”

Verdade. Toda cerveja deve ser consumida depois de gelada, pois, caso esquente e depois acabe voltando à geladeira, nunca mais terá o mesmo sabor. Isso acontece porque o gás carbônico se desprende da bebida, que se torna “choca”.

Culpar a cerveja pelo excesso de barriguinha não é válido. (Foto: divulgação)

  • As melhores cervejas estão nas garrafas verdes
Continuar Lendo  Alisante Loreal X-Tenso - onde comprar

Mito. Esse mito teve origem durante a Segunda Guerra Mundial, quando as cervejas eram produzidas e armazenadas em garrafas verdes devido à falta de outras opções.

  • As cervejas de garrafas verdes são mais amargas

Verdade. Por convenção comercial, as cervejas embaladas em garrafas verdes, como a Heineken e Stella Artois, por exemplo, são um pouco mais amargas do que as comuns.

  • A cerveja dá barriga

Mito. Não é incomum encontrar pessoas culpando a cerveja pelo aumento das gordurinhas localizadas, mas as coisas não são exatamente assim. Por ser uma bebida calórica, o consumo excessivo pode sim contribuir para a obesidade, porém o grande problema fica por conta do hábito de consumir os “tira-gostos” enquanto se bebe, pois  geralmente são muito calóricos.

  • A cerveja de garrafa é mais gostosa que a lata

Verdade. O processo de gaseificação da bebida armazenada em latas é mais prejudicial à cerveja do que o mesmo processo em garrafas de vidro. Infelizmente pessoas com paladar mais apurado podem perceber sim a diferença de sabor entre produtos da mesma marca. É importante frisar que o alumínio das latinhas não influencia em nada no sabor.

Saiba quais os países que mais bebem cerveja.

O teor alcoólico da cerveja preta não é maior. (Foto: divulgação)

A cerveja é a bebida alcoólica mais consumida e seu uso é cercado por inverdades, que deixam as pessoas confusas e podem acabar atrapalhando quem deseja manter a saúde em dia. Para não cair em nenhuma “armadilha”, é só conhecer mais a respeito do assunto, conferindo os principais mitos e verdades sobre a cerveja.

Top