Mitos e verdades do pós-parto

A gravidez é um momento muito delicado e especial, mas alguns boatos, principalmente os relacionados ao parto, amedrontam muitas mulheres, especialmente as mamães de…

A gravidez é um momento muito delicado e especial, mas alguns boatos, principalmente os relacionados ao parto, amedrontam muitas mulheres, especialmente as mamães de primeira viagem. Felizmente, nem tudo o que se ouve a respeito do assunto é verdade. Esclareça algumas dúvidas e confira os principais mitos e verdades sobre o pós-parto.

Saiba quais são as dúvidas mais frequentes sobre o pós-parto.

O pós-parto é um período delicado para algumas mulheres. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre o pós-parto

  • É possível emagrecer amamentando

Verdade. Amamentar é uma atividade que gera um grande gasto energético. Só para produzir um litro de leite o organismo materno necessita de, aproximadamente, 700 Kcal. Entretanto é preciso lembrar que para uma lactação saudável é necessário manter uma dieta balanceada e caprichar na ingestão de líquidos. Para eliminar os quilinhos a mais adquiridos durante a gestação, a melhor medida é praticar exercícios leves, para que a perda de peso seja gradual e não prejudique a mãe e nem seu bebê.

  • A mulher não deve manter relações sexuais no pós-parto

Mito. Durante os 30 primeiros dias após o parto é preciso respeitar o período de resguardo, onde a mulher não deve manter relações sexuais, entre outras recomendações. Respeitar esse período é importante para prevenir problemas como infecções e deiscência dos pontos. Entretanto, completado o tempo necessário, é possível retomar a vida sexual normalmente.

A amamentação ajuda a emagrecer, mas não é confiável como método contraceptivo. (Foto: divulgação)

  • É possível amamentar no pós-parto

Verdade. A prolactina, o hormônio responsável pela produção do leite materno, é capaz de inibir a secreção dos hormônios responsáveis pela ovulação. Entretanto, usar a amamentação como método contraceptivo não é nenhum pouco segura, pois a secreção de prolactina pode variar de acordo com inúmeros fatores e ser insuficiente para impedir a ovulação.

  • Mulheres não podem realizar exercícios no pós-parto
Continuar Lendo  Tendências de joias 2013

Mito. É permitido realizar exercícios leves, como a caminhada, a partir da 6ª semana pós-parto. O ideal é que a atividade não exija mais do que 70% da capacidade cardíaca máxima. A dica para não ultrapassar o limite recomendado é tentar conversar enquanto caminha. Se não houver dificuldade em realizar as duas tarefas simultaneamente, muito provavelmente o exercício está na intensidade certa.

Confira os tratamentos estéticos que podem ser realizados no pós-parto

  • É normal haver sangramentos no pós-parto

Verdade. No período puerperal existe um fluxo de sangue contínuo, resultado da descamação da decídua e que é denominado lóquio. É esperado que a quantidade de lóquio vá diminuindo com o passar do tempo, o que deve ser acompanhado pela mudança em sua coloração, que passa de um vermelho escuro para o acastanhado, amarelado e por fim adquirindo tonalidade esbranquiçada. A coloração vermelha não deve persistir por mais de 15 dias.

Fique por dentro das principais causas de depressão pós-parto.

É muito importante seguir as recomendações médicas de "resguardo". (Foto: divulgação)

A gravidez e parto são assuntos que assustam muitas mulheres, especialmente as mães de primeira viagem. É importante se manter bem informada no assunto para prevenir problemas e garantir uma boa recuperação.

Top