Minha Casa, Minha Vida 3 pode ser lançado até maio 2015

Minha Casa, Minha Vida 3 pode ser lançado até maio 2015, atendendo a ainda mais pessoas, em todo o Brasil, de acordo com as…

Por Andre em 30/03/2015

Minha Casa, Minha Vida 3 pode ser lançado até maio 2015, atendendo a ainda mais pessoas, em todo o Brasil, de acordo com as informações divulgadas por Miriam Belchior, presidenta da Caixa Econômica Federal.

Minha Casa, Minha Vida 3 pode ser lançado até maio 2015 (Foto Ilustrativa)

De acordo com ela, os primeiros contratos da nova etapa do programa devem começar a ser firmados no segundo semestre de 2015, com as obras tendo início até o fim do ano. A expectativa é de que pelo menos 3 milhões de unidades sejam entregues nessa terceira etapa do programa, ao longo dos próximos quatro anos.

Lançado em 2009, o Minha Casa, Minha Vida é um programa habitacional do governo federal, que possibilita o financiamento de moradias para famílias de baixa renda, com condições especiais de pagamento. Até o momento, mais de 2,1 milhões de casas já foram entregues, enquanto outras 1,6 milhão estão em obras.

Minha Casa Minha Vida – cadastro no programa

Minha Casa, Minha Vida 3 pode ser lançado até maio 2015

Até 2018, o programa deve disponibilizar mais 3 milhões de novas moradias, em todo o Brasil (Foto Ilustrativa)

Para lançar a nova fase do programa Minha Casa Minha Vida, o governo está estudando tudo o que foi feito até o momento, com o objetivo de realizar algumas mudanças, no sentido de melhorar ainda mais o projeto.

Um dos reajustes que podem acontecer é com relação à altura máxima dos prédios dos condomínios construídos com o financiamento do Minha Casa Minha Vida. Atualmente, eles não podem ter mais do que quatro andares, pois assim evita-se a instalação de elevadores.

Para essa nova etapa, alguns reajustes devem ser feitos (Foto Ilustrativa)

No entanto, o governo quer uma verticalização maior do que quatro andares, especialmente nas regiões metropolitanas, onde os terrenos são mais caros. Assim, seria mais fácil viabilizar os empreendimentos, além de facilitar o crescimento do programa nas grandes cidades.

Como funciona o programa Minha Casa Minha Vida

Nesse caso, os custos adicionais de condomínio e manutenção dos elevadores poderiam ser bancados com o aluguel de salas comerciais nos andares térreos dos novos prédios do Minha Casa Minha Vida 3.

Uma nova faixa de renda deve ser criada

O governo quer construir prédios que tenham mais de quatro andares, especialmente nas regiões metropolitanas (Foto Ilustrativa)

Outra novidade que pode acontecer no Minha Casa Minha Vida 2015 é a criação de uma nova faixa intermediária de renda, para atender à população com ganhos mensais variando de R$ 1.000,00 a R$ 2.000,00.

Simulador Financiamento Caixa – Minha Casa Minha Vida

A ideia é que quem se enquadrar nessa faixa mensal de renda receberia um subsídio maior do que R$ 25.000,00 para realizar o sonho da casa própria. As prestações seriam maiores do que as da faixa 1, mas ainda assim caberiam no bolso.

Top