Microsoft pode encerrar o Windows Live Messenger

O Messenger (MSN) pode estar com os dias contados. Nos próximos meses, a Microsoft pretende parar de investir tanto no comunicador instantâneo e favorecer…

O Messenger (MSN) pode estar com os dias contados. Nos próximos meses, a Microsoft pretende parar de investir tanto no comunicador instantâneo e favorecer os serviços oferecidos pelo Skype. Esta informação foi veiculada recentemente pelo site The Verge.

Com o Skype em ascensão, o MSN está com os seus dias contados. (Foto:Divulgação)

MSN está com os dias contados

A Microsoft efetuou a compra do Skype em maio de 2011, com o objetivo de explorar ao máximo os serviços de comunicação pela internet. A empresa de Bill Gates logo resolveu fundir a sua nova plataforma com o Window Live Messenger, permitindo que os usuários desfrutassem tanto dos recursos do MSN como do Skype para fazer chamadas.

Se o usuário preferir usar apenas os serviços do Messenger, ele tem esta possibilidade, mas é por pouco tempo. Tudo indica que o MSN e o Skype serão consolidados em uma única plataforma, que dará preferência aos recursos do Skype. Ou seja, o velho e bom Messenger está prestes a se aposentar definitivamente.

Embora a notícia sobre o fim do MSN tenha ganhado espaço em vários portais na internet, a Microsoft se recusa a comentar sobre o assunto e nenhum representante fez afirmações suspeitas. De qualquer forma, a empresa lançou novos aplicativos compatíveis com o Windows 8 e Windows Phone 8 que comprovam que o principal foco agora é o Skype.

A Microsoft tenta convencer os seus usuários de que o Skype é a melhor opção para se comunicar através da internet. Hoje, cerca de 80% das mensagens trocadas pelo programa são integradas ao MSN. Em comparação com o Window Live Messenger, o Skype apresenta grandes vantagens, como a possibilidade de fazer chamadas VoIP e videoconferência, dois recursos que não estão disponíveis no MSN.

Leia Também:  Melhores Franquias de Vestuário e Calçados para Investir 2011

Saiba mais: Aplicativos para Windows 8

Sobre o Window Live Messenger

A falta de recursos está deixando o Window Live Messenger esquecido na internet. (Foto:Divulgação)

O MSN, sob o comando da Microsoft, foi lançado em 1999 e se espalhou rapidamente pelo mundo como um verdadeiro fenômeno. Dez anos após a estreia no mercado, o comunicador instantâneo estava disponível em 36 idiomas diferentes e recebia 330 milhões de visitantes por mês.

No Brasil, o Window Live Messenger ainda é muito usado e possui uma boa fatia da troca de mensagens que acontece pela internet. O programa já conquistou 75% dos usuários da rede, mas o surgimento de novos recursos de comunicação instantânea, ele começou a perder espaço e a se tornar ultrapassado.

O avanço do Skype

A Microsoft resolveu adquirir o Skype em maio de 2011, investindo US$ 8,5 bilhões neste novo produto. O comunicador, no entanto, foi fundado em 2003 com o objetivo de oferecer serviços de voz e vídeo pela internet.

A Microsoft investiu na atualização Skype 6.0. (Foto:Divulgação)

Recentemente a Microsoft lançou o Skype 6.0, uma atualização compatível com o novo sistema operacional recém-lançado, o Windows 8. A plataforma foi aprimorada e ganhou um layout totalmente redesenhado. Os clientes também contam agora com a possibilidade de acessar o programa apenas usando login e senha do Windows Live.

Veja também: Outlook.com: sucessor do Hotmail, Microsoft

Top