Michael Schumacher continua em estado grave

No último domingo, 29 de dezembro, o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher  sofreu um acidente grave por esquiar em uma pista sem sinalização Méribel, na França. Na manhã desta segunda-feira (30 de dezembro), médicos e um porta-voz do Centro Hospitalar Universitário de Grenoble, onde o heptacampeão mundial da Fórmula 1 está internado.

O ex-piloto de Fórmula 1 está internado em estado grave (Foto: Divulgação)

“Ele chegou ao hospital em coma, com um grave traumatismo, hematomas intra-cranianos e um edema difuso. Nós tivemos que operar com urgência para liberar a pressão em sua cabeça. Infelizmente, ele tem algumas lesões no cérebro. Eu diria que este acidente aconteceu no lugar certo porque ele foi levado para o hospital imediatamente e operado logo que chegou. Ele está mantido em estado de coma artificial, com hipotermia, para manter sua temperatura em torno de 34 graus. Sua condição é crítica. Reanimamos o paciente, mas seu estado é muito grave. Estamos fazendo o possível para melhorar seu prognóstico. No momento, não podemos nos pronunciar sobre seu futuro. Podemos dizer que ele está lutando por sua vida. Estamos trabalhando hora a hora, mas é muito cedo para dizer o que vai acontecer e ter um prognóstico. Achamos que o capacete ajudou. Sem o capacete, ele não estaria aqui agora”, falou o chefe anestesista do local, o professor Jean-Francois Payen.

Acidente grave de Michael Schumache foi visto pelo filho

Quando o ex-piloto de Fórmula 1 estava esquiando e sofreu o acidente Michael Schumache estava acompanhado do filho, Mick, de apenas 14 anos. A esposa de Schumacher, Corinna, está no hospital com os dois filhos do casal (Gina-Marie, de 16 anos, e Mick). O Dr. Gérard Saillant, amigo da família e especialista em lesões de cabeça e coluna, foi imediatamente para o hospital que o amigo foi internado e acompanha de perto o caso.

 

Michael estava com o filho de 14 anos no momento do acidente (Foto: Divulgação)

Capacete salvou a vida de ex-piloto, mas seu estado ainda é grave

Os médicos que cuidam do caso do piloto ícone da Fórmula 1 dizem que se ele estivesse sem o capacete estaria morto, pois o impacto foi muito forte. Mas, mesmo estando com o capacete, o estado de saúde do maior corredor dos últimos tempos da Fórmula 1 é muito grave. Ele está em coma induzido, para que os médicos possam avaliar melhor as lesões.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply