Metadoxil: saiba mais sobre o medicamento

Com o intuito de escapar da lei seca, grande parte das pessoas que fazem uso de bebidas alcoólicas está utilizando um medicamento chamado Metadoxil,…

Por Editorial MDT em 25/02/2013

Com o intuito de escapar da lei seca, grande parte das pessoas que fazem uso de bebidas alcoólicas está utilizando um medicamento chamado Metadoxil, que é usado no tratamento do alcoolismo e de problemas no fígado. Saiba mais sobre o uso de Metadoxil.

O metadoxil tem sido muito usado com o intuito de reduzir os efeitos do álcool. (Foto: divulgação)

Metadoxil

O metadoxil é composto por um derivado da vitamina B6, chamado de pidolato de piridoxina e também por carboxilato pirrilidona, um ácido que trabalha no sistema neurológico. Trata-se de um medicamento vendido sob orientação e prescrição médica.

Porém, o uso desse remédio está sendo feito em grandes quantidades com o intuito de enganar o bafômetro ou diminuir os efeitos da bebida. As pessoas alcoolizadas tomam em média 6 pílulas do medicamento de uma só vez. Entretanto, o uso exacerbado de metadoxil pode colocar nosso organismo em risco.

Veja também alcoolismo na adolescência, como lidar

Indicações do Metadoxil

O uso de metadoxil é indicado para o tratamento de intoxicações agudas e crônicas do fígado. Quando uma pessoa alcoolizada é hospitalizada, o metadoxil é indicado para resolver o problema. Para os quadros de intoxicação crônica, como esteatose hepática ou vício em bebidas alcoólicas, o uso desse remédio também é indicado.

O metadoxil atua auxiliando o indivíduo a se abster da bebida. Geralmente ele é ingerido em torno de quatro comprimidos por dia, em horários corretos por aproximadamente 60 à 90 dias.

O uso indevido de metadoxil pode causar sérios problemas ao indivíduo. (Foto: divulgação)

Metadoxil não retira o álcool do sangue

O metadoxil atua acelerando a quebra do álcool no fígado, gerando uma redução das quantidades sanguíneas, porém não elimina totalmente. Segundo especialistas, o remédio pode ajudar a adiar os efeitos da bebida, fazendo com que o indivíduo tenha a sensação de que não está embriagado. Entretanto, esse efeito não é capaz de enganar o bafômetro.

Efeitos colaterais do uso de Metadoxil

O uso inadequado de Metadoxil pode gerar sintomas como:

  • Alterações gástricas (gastrite, azia);
  • Mal estar;
  • Convulsões;
  • Taquicardia (batimentos cardíacos acelerados).

O uso do medicamento é contraindicado para mulheres grávidas, lactentes e pessoas sensíveis a composição do mesmo. Porém, de forma geral o efeito que mais se destaca é o desconforto estomacal.

O metadoxil não engana o bafômetro. (Foto: divulgação)

Veja também tratamento para alcoolismo 

O Metadoxil é usado para tratamento de problemas no fígado e alcoolismo. Porém, ele só deve ser usado sob prescrição médica, pois pode causar sérios problemas para o organismo. Além do mais, já ficou provado que o uso do medicamento para enganar o bafômetro não é eficaz.

 

Top