Menstruação irregular, causas, tratamentos

É comum ao longo de todo o ciclo menstrual da mulher, o período, a duração e a intensidade do fluxo da menstruação sofrerem algumas…

Por Editorial MDT em 21/02/2013

É comum ao longo de todo o ciclo menstrual da mulher, o período, a duração e a intensidade do fluxo da menstruação sofrerem algumas alterações. A menstruação só costuma ser repentinamente alterada em dois casos particulares: nos dois ou três anos depois à primeira menstruação – intervalo de bastante irregularidade – ou no período de gravidez.

Causas de menstruação irregular

A menstruação irregular pode advertir a presença de câncer no ovário ou de cisto no útero. (Foto Divulgação)

O ciclo menstrual reflete toda a fabricação dos hormônios sexuais da mulher. Por isso, uma anormalidade acentuada na menstruação pode significar problemas no processo de ovulação. Segundo análise 15% dos quadros de infertilidade estão associados ao desequilíbrio hormonal.

Leia mais: Conheça as principais causas para a falta de menstruação

No entanto, a menstruação irregular ainda pode advertir a presença de câncer no ovário ou de cisto no útero. O problema mais comum entre as mulheres é a escassez da progesterona que, além de dificultar a gravidez, aumentaria drasticamente os riscos de câncer no útero.  Isso ocorre devido ao acúmulo de estrogênio que, elevaria as chances de surgimento de tumores.

Quando a fabricação do hormônio está acima do normal ocorre, o aumento da oleosidade da pele, ocorrência de espinhas. (Foto Divulgação)

Além destas, existem outras causas para acarretar a irregularidade da menstruação. Durante os dias férteis, geralmente, ocorre uma ligeira fabricação de andrógenos – hormônios masculinos – responsáveis pelo aumento da libido. Em alguns casos, quando a fabricação do hormônio  é acima do normal ocorre, o aumento da oleosidade da pele, ocorrência de espinhas e excesso de pelos e inchaços.

Tratamento

Um dos tratamentos é a ingestão diária de pílulas para regular o fluxo menstrual. (Foto Divulgação)

Como existem diversas causas para irregularidade da menstruação, os tratamentos também variam e inclusive precisam ser especificados. De modo geral, os profissionais indicam a ingestão diária de pílulas para regular o fluxo menstrual. No entanto, a medida deve levar em conta o tipo de irregularidade e a vontade de cada paciente.

 Veja também: Menstruação: mitos e verdades

Para manter a estabilização hormonal, atualmente, existem várias opções terapêuticas. Os remédios podem ser naturais, substâncias semelhantes às fabricadas pelo corpo da mulher, e não naturais substâncias não fabricadas pelo corpo. Todavia, cabe ao médico analisar a melhor forma de tratamento.

Confira ainda: Aumento de fluxo menstrual: o que pode ser

Top