Menopausa causa aumento de gordura abdominal

Com o passar do tempo, as mulheres de mais idade frequentemente ganham alguns quilinhos a mais e acabam culpando a menopausa como grande vilã…

Com o passar do tempo, as mulheres de mais idade frequentemente ganham alguns quilinhos a mais e acabam culpando a menopausa como grande vilã da mudança da silhueta. Entretanto, estudos recentes apontam que, diferente do que se pensava, o término do período fértil feminino não se relaciona com o aumento de peso corporal, e sim com o acúmulo de gordura em torno da cintura. Entenda como isso acontece e saiba por que a menopausa causa aumento da gordura abdominal.

Entenda como funciona a menopausa.

A mulher passa por profundas alterações hormonais durante sua vida. (Foto: divulgação)

Alterações hormonais

A mulher passa por estágios de profundas alterações hormonais ao longo de sua vida, e na menopausa não acontece diferente. A queda dos níveis de estrogênio afeta diretamente a forma como a gordura é depositada nos quadris e cintura, mas isso não significa que o depósito de tecido adiposo no restante do organismo se torna aumentado.

Conheça a pílula contra menopausa.

Aumento do volume abdominal

O aumento exclusivo das gordurinhas da região da cintura e quadril pode ser o resultado da menopausa. O maior volume dessa região geralmente é uma das queixas que mais incomodam o público feminino, contudo não é fruto apenas das alterações nos níveis de estrogênio, podendo ser potencializada por diversos outros fatores.

Segundo uma pesquisa recente, as mulheres geralmente ganham meio quilo por ano, a partir dos 50 anos de idade. Porém foi percebido um rápido aumento adiposo na região abdominal, especialmente no terceiro ano após a menopausa. Os mesmos resultados foram encontrados em mulheres de diferentes regiões do mundo.

A menopausa provoca aumento da gordura abdominal. (Foto: divulgação)

Os culpados pelo ganho de peso

Na realidade, o ganho de peso em idades mais avançadas é o resultado de fatores ambientais e do envelhecimento. Pessoas idosas possuem um metabolismo celular naturalmente mais lento do que pessoas jovens, os níveis de atividade física realizada são menores e a ingestão de calorias pode estar aumentada, resultando no ganho de peso.

Leia Também:  10 produtos de Beleza que nunca saem da moda

O perigo da gordura abdominal

O acúmulo de gordura abdominal, além de proporcionar um sério prejuízo estético, também é capaz de trazer outros problemas à saúde. Devido à sua localização próxima de órgãos e vísceras, e principalmente à sua capacidade de produzir hormônios que estimulam o apetite e aumentam a resistência à ação da insulina, os indivíduos com aumento da gordura nessa região são mais propensos a desenvolver problemas como diabetes, dislipidemia e principalmente doenças cardiovasculares.

Confira mitos e verdades sobre a menopausa.

A menopausa não é motivo único para o aumento da gordura abdominal. (Foto: divulgação)

O aumento do acúmulo de gordura abdominal é um problema estético resultante das mudanças hormonais ocorridas durante a menopausa, somado a outros fatores, como estilo de vida. O que muitas mulheres não sabem é que, além do prejuízo à beleza, esse problema é fator de risco para o desenvolvimento de outras doenças, e por isso deve ser combatido com a prática de exercícios e dieta balanceada.

Top