Meningite nos bebês: saiba mais

A meningite é uma doença contagiosa e que pode ser fatal. Assim, é muito importante realizar seu diagnóstico de forma precoce, de modo a…

Por Editorial MDT em 12/12/2012

A meningite é uma doença contagiosa e que pode ser fatal. Assim, é muito importante realizar seu diagnóstico de forma precoce, de modo a evitar futuras consequências. Tendo isso em vista, saiba mais sobre a meningite nos bebês.

Saiba por que a meningite é tão perigosa.

As mães devem estar atentas às alterações de comportamento dos bebês. (Foto: divulgação)

Conheça mais sobre a meningite

A meningite é uma infecção e inflamação que ocorre na membrana que recobre o cérebro, a meninge. É uma doença muito contagiosa, grave e que se manifesta de forma abrupta. Em geral, existem dois tipos de meningites, a viral e a bacteriana.

A meningite viral é a forma mais comum e costuma estar relacionada a quadros menos graves. Por outro lado, a bacteriana é mais rara e está relacionada a uma manifestação mais grave que, por vezes, pode ser fatal. Assim, é essencial que o diagnóstico seja realizado de forma precoce.

Reconhecendo as manifestações clínicas da meningite

A apresentação clínica da meningite é muito variável, sendo assim, o indivíduo portador da doença pode apresentar:

  • Febre;
  • Dor de cabeça;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Aversão à luz;
  • Manchas vermelhas ou arroxeadas na pele;
  • Convulsões;
  • Palidez;
  • Coloração azulada dos lábios;
  • Forte dor nas pernas;
  • Calafrios;
  • Respiração rápida.

Buscando atendimento médico

Diante de suspeita de um quadro de meningite, é muito importante que os pais busquem a orientação de um especialista. Essa doença pode trazer como consequências a septicemia ou, como é popularmente conhecida, a infecção generalizada. Esse quadro acontece quando os agentes causadores (vírus ou bactérias) atingem a corrente sanguínea e começam a se multiplicar, podendo levar o indivíduo a morte em poucos dias.

Os sintomas da meningite são muito variáveis. (Foto: divulgação)

A meningite em bebês

A meningite também pode acometer bebês, sendo a bacteriana o tipo mais comum. Como os pequeninos não conseguem falar o que estão sentindo, os especialistas afirmam que é muito importante a mãe buscar atendimento especializado quando:

  • O bebê apresentar irritabilidade;
  • Moleiras estão estufadas;
  • Olhar parado;
  • Pele pálida;
  • Presença de manchas arroxeadas na pele;
  • Febre;
  • Recusar as mamadas;
  • Choro frequente.

Saiba como a meningite é diagnosticada

O diagnóstico da meningite é realizado através da punção espinhal. Uma agulha é inserida na espinha para obter uma amostra de líquor (líquido cefalorraquidiano) que, posteriormente será avaliado em laboratório. O procedimento é realizado sem anestesia e leva poucos minutos para ocorrer.

Diante de qualquer sintoma, busque a orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

A meningite é uma doença contagiosa e necessita de diagnostico precoce, uma forma de evitar futuras consequências. Esse problema se torna ainda mais preocupante quando acomete bebês. Após conhecer um pouco mais sobre a meningite nos bebês, é essencial ficar atento e buscar orientação de um especialista diante de qualquer suspeita.

Saiba o que fazer diante de conjuntivite em bebês.

Top