Menina de 4 anos de idade precisa fazer tratamento contra vício de iPad

Tudo que é excessivo e prejudica a saúde e a vida social pode ser considerado um vício. Um comportamento compulsivo e repetitivo gera muitos…

Por Élida Santos em 02/04/2014

Tudo que é excessivo e prejudica a saúde e a vida social pode ser considerado um vício. Um comportamento compulsivo e repetitivo gera muitos problemas para a vida de milhares de adultos, mas agora, crianças também estão passando por tratamento contra vícios dos mais diferentes tipos.

Criança ficou viciada em usar iPad (Foto: Divulgação)

Imagine só que uma britânica foi considerada a mais jovem a ser diagnosticada com vício em iPad. O comportamento compulsivo em utilizar o tablet da Apple fez uma menininha, que não teve o nome revelado, de somente quatro anos de idade a ser obrigada a passar por um tratamento psiquiátrico por passar horas em frente ao jogo.

Abstinência provou que menina estava viciada em jogar no iPad

A criança de quatro anos de idade começou a ficar com sintomas de abstinência quando não tinha contato com os joguinhos que tanto gosta do iPad. Ela agia como uma pessoa viciada em drogas ilícitas, ficando agressiva, o que chamou a atenção dos seus pais.

Pesquisa mostra aumento no número de crianças que usam iPad

A notícia da menina viciada em iPad surge dias depois que uma pesquisa apontou o aumento do uso de aparelhos eletrônicos por crianças de menores de 10 anos de idade. O estudo mostra que quase metade dos pais permitem que os seus filhos utilizem os smartphone ou tablete.

Outro dado importante mostra que cerca de 15% das crianças usam o aparelho eletrônico da Apple por quatro ou mais horas diariamente, de acordo com esse levantamento.

Uma garotinha com essa da imagem ficou viciada em usar o iPad (Foto: Divulgação)

Menina viciada em jogos do iPad começou a ter problemas com 3 anos de idade

A menina viciada em iPad começou a ter problemas com o equipamento, quando tinha somente três anos de idade. A criança, que vive com a no sudeste de Londres, teve que ser levada para tratamento psiquiátrico.

Richard Graham, o médico da criança, falou que casos como esse em que pessoas ficam viciadas em usar tecnologia, tendem a ser mais frequentes nos próximos anos. Por isso, os pais precisam prestar atenção no comportamento da criança diante do excesso do uso da internet e de jogos eletrônicos. O tratamento para a desintoxicação do uso da internet e suas ferramentas custa mais de £16,000 (R$ 50 mil).

 

Top