Menina com cabelo volumoso foi ameaçada de expulsão de escola

Uma pré-adolescente de 12 anos foi ameaçada de ser expulsa da escola simplesmente por ter um cabelo armado demais pra os padrões. A jovem, de cabelo volumoso, que estuda na Flórida, nos Estados Unidos, foi aconselhada a mudar o corte de cabelo e recebeu um prazo de uma semana para isso, se não, seria expulsa do colégio. As informações são da emissora TV “WKMG”.

Cabelo armado pode render exclusão da escola (Foto: Divulgação)

Repercussão do caso da menina ameaçada de expulsão caso deixasse cabelo com volume

A revolta com o caso foi geral, gerando muita repercussão nos Estados Unidos. A escola Faith Christian Academy de Orlando declarou nessa semana que não quer exigir que a menina corte os cabelos para continuar frequentando, mas que eles querem que ela mude somente o seu estilo de cabelo.

Menina com cabelo volumoso foi ameaçada de expulsão de escola e o caso parou os Estados Unidos (Foto: Divulgação)

Alise ou corte o seu cabelo para ser aceito na escola

De acordo com informações da família de Vanessa Van Dyke, a garota de cabelo volumoso viu a escola advertir sua mãe para que a menina alisasse ou cortasse seu cabelo, ou ela poderia ser expulsa. A família desconsiderou qualquer mudança e resolveu vir a publico denunciar esse ato claro de racismo.

Alisar ou cortar o cabelo para estudar não deve jamais ser algo identificado como dentro de um código de conduta de um regimento escolar. A escola pode ter ações que prezem a integridade física e a ordem, mas esse tipo de pedido pode ser considerado racismo.

Em uma sociedade em que a progressiva nunca sai da moda e que cabelo liso é quase que sinônimo de cabelo bom, um pedido como esse, expressa claramente uma padronização da beleza e acaba excluindo quem quer ser diferente.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply