Melhores Lugares para se Morar no Mundo

Melhores Lugares para se Morar no Mundo

Escolher o próximo destino pode ser um desafio muito grande para pessoas sem noção do que estão atrás. Por isso, escolhemos os melhores lugares…

Por Redacao em 12/03/2020

Escolher o próximo destino pode ser um desafio muito grande para pessoas sem noção do que estão atrás. Por isso, escolhemos os melhores lugares para se morar do mundo pra te ajudar a decidir.

Mas, ninguém disse que seria uma tarefa fácil.

Os critérios de escolha dependem muito de clima, região, características ou, ainda, peculiaridades de cada ambiente como correria de inovação tecnológica ou zona rural, por exemplo.

Então, antes de continuar, a dica que fica é imaginar e idealizar o que você quer: um lugar com muitas praias? Quentinho ou frio? Com muitos prédios e correria? Deslocado e perto da natureza?

Se já definiu esses critérios, vamos em frente! Afinal, você precisa se organizar pra viver na sua próxima casa.

1. Toronto, Canadá

Toronto

Melhores Lugares para se Morar no Mundo (Reprodução: Getty Images)

Não, esse não é nosso primeiro item da lista por causa da divulgação da série Murdoch.

O que acontece é que Toronto disponibiliza muitas oportunidades para brasileiros recém-chegados e sua organização e administração bem planejadas o coloca no 4º melhor lugar do mundo pra se viver (segundo dados de 2017).

Aqui, você encontra:

  • Estudo de Qualidade: a University of Toronto, instituição pública, é a que mais recebe fundos de pesquisa no país!
  • Oportunidades de emprego: sejam eles qualificados ou não, sempre falta mão de obra. Além disso, eles não são exigentes. Estudantes também têm oportunidades diversas que não se restringem a trabalhar em Fast-food, como acontece no Brasil.
  • Qualidade de Vida: por mais que não pareça, Toronto é muito receptiva. Cerca de metade do país é composto por pessoas que vêm de fora, de fato.
  • Comida, arte e cultura: por ser tão misturado quanto no Brasil, você encontra ambientes diversos e nenhuma resistência aos seus dogmas como em outras regiões.

Ainda, todos os parques e praças são estruturados com banheiros públicos fixos (não químicos) higienizados e praças com mesas e cadeiras para lazer.

São mais de 1600 parques, 839 campos esportivos e mais 670 instalações recreativas pela cidade com integração a áreas verdes, o que torna o lugar bem chamativo e prazeroso de se viver.

2. Zurique, Suíça como um dos lugares para se morar

zurique

Melhores Lugares para se Morar no Mundo (Reprodução: Getty Images)

Quem busca um padrão de vida mais alto, mais conforto, segurança e menos problemas com corrupção, deve considerar morar em Zurique.

Além de ser a cidade mais populosa da Suíça, Zurique também a mais cara, mas, em contra-partida é recheada de atrações e pontos turísticos de cair o queixo.

O fantástico Rio Limmat e o maravilhoso Lago de Zurique chamam a atenção de turistas por todo o país.

O ambiente é tranquilo, as pessoas são muito educadas, as ruas são seguras, tem pouco trânsito e os ambientes são marcados por várias igrejas e museus.

Apesar do luxo, grandes shoppings aqui não são tão comuns e feiras de rua e lojas de variedade tomam as calçadas e o centro da cidade.

A gastronomia é impecável e se espelha nos países próximos à fronteira: Alemanha, França e Itália.

Porém, os custos dos produtos e de vida em geral são bem altos se comparados às cidades alemãs vizinhas próximas à fronteira.

3. Munique, Alemanha

 

munique

Melhores Lugares para se Morar no Mundo (Reprodução: Getty Images)

Munique é a terceira capital mais populosa da Alemanha, também conhecida como a “Capital da Cerveja Alemã”.

Em relação à segurança não há dúvida de que, das listadas até agora, essa recebe maior destaque. No entanto, esse não é o principal motivo dessa cidade ter entrado na nossa lista de melhores lugares para se viver.

É claro que saúde, educação, lazer e segurança importam, mas, o que ninguém te diz depois disso é como a cidade funciona.

Apesar de estar entre as 100 cidades mais caras para se viver, Munique funciona muito bem também para quem não tem tanto dinheiro assim.

Transporte público, seja de metrô ou ônibus, é muito mais organizado, pontual e eficiente. Dá pra fazer praticamente tudo se locomovendo pelas linhas da cidade.

Pra morar em Munique, necessariamente não é necessário ter um carro. O atendimento é ótimo e a região é tão bem localizada que grande parte das pessoas parte para o seus compromissos de bicicleta.

A Cidade possui ciclovias incrível e, não pense que é como no Brasil: aqui, pedestres e ciclistas são muito respeitados. A educação impera. Se tem faixa, a preferência é deles.

Outro ponto bacana é a coleta de lixo. Na Alemanha, lixo é coisa séria. Desde criança se aprende a separar e reciclar tudo o que se consome.

Filas em qualquer lugar? Aqui, não. Diferente do que acontece no Brasil, se existem muitas pessoas e as filas começam a aparecer, novos caixas são abertos imediatamente.

Quem quiser morar aqui, deve ter em mente que esse é o país do “faça você mesmo” e, sendo assim, serviços terceirizados como empregadas domésticas são muito bem remunerados.

Se você não está pronto pra cuidar da casa, essa pode não ser a melhor opção.

Top