Melhore a memória com 5 dicas infalíveis

Anda tendo problemas com memória? Anda esquecendo palavras, nomes de pessoas e onde colocou telefone? As pessoas têm o costume de associar a perda…

Por Editorial MDT em 04/10/2011

Anda tendo problemas com memória? Anda esquecendo palavras, nomes de pessoas e onde colocou telefone? As pessoas têm o costume de associar a perda de memória com a idade. No entanto, é importante prestar muita atenção nestes casos, pois, muitas vezes, não apenas questões genéticas ou a idade avançada são os verdadeiros vilões da perda de memória. Muitas vezes a forma de como levamos a vida, é um fator que influencia, e muito, de como o cérebro irá se comportar para cada situação.

As células de nosso corpo precisam de um abastecimento constante de oxigênio e nutrientes para manterem o trabalho precisamente. Desse modo é imprescindível que você tenha alguns cuidados específicos para manter a saúde cérebro para manter a memória trabalhando perfeitamente. Confira abaixo 5 dicas infalíveis para aguçar a memória e otimizar a saúde do cérebro.

– Exercícios cerebrais têm apresentado efeitos positivos para a conservação da memória. O exercício da memória por táticas como a associação de palavras podem ser benéficos para aqueles que possuem problemas em memorização. Astáticas de memorização podem proporcionar mudanças no molde de funcionamento dos neurônios e auxiliar a memória de maneira eficaz.

– A ingestão de verduras também é bem vindas, pois, auxiliam no combate contra o envelhecimento cerebral. O costume de comer saladas todos os dias pode ajudar a adiar o envelhecimento do cérebro. É necessário buscar uma dieta balanceada, especialmente para os idosos, procure alimentos ricos em vitaminas, pois são essenciais para o metabolismo dos neurotrasmissores.

– Os exercícios físicos são ótimos para ajudar e aprimorar a disposição respiratória, como também melhorar a oxigenação do sangue para o cérebro. A atividade física diária pode restringir pela metade o risco de Alzheimer e demência. É importante que nunca chegue ao ponto do sedentarismo, pois, pessoas sedentárias possuem maior dificuldade na prática de várias atividades, inclusive a memorização.

– Ter momentos para relaxar é muito importante. Técnica praticada por muitas pessoas atualmente é a meditação, a qual pode ser ótima auxiliadora no desenvolvimento da memória. Uma das técnicas da meditação é o controle da respiração, o qual, além de aumentar a percepção, também atenua o estresse, e aumenta o poder de concentração fatores importantíssimos para o bem-estar do cérebro, e consecutivamente da memória.

– Manter a qualidade do sono é indispensável para aqueles que desejam uma memória saudável. A privação do sono, isto é, aquelas pessoas que não possuem uma boa noite de sono desgastam ainda mais a memória. Procure dormir oito horas diárias de sono, pois, de nada adianta realizar todas as fases acima se não possui uma boa noite de sono.

Mesmo havendo inúmeras medicações existentes no comércio até o momento, não se conhece qualquer tipo de medicação capaz de ajudar a memória. Os que os comerciantes vendem são apenas placebos, os quais não possuem ação benéfica para a memória, em geral são apenas constituídos de vitaminas. O recomendável é praticar as atividades acima mencionadas, as quais irão apresentar resultados de sua eficácia.

Top