Meio Ambiente e Sustentabilidade

Cada vez mais os indivíduos de todos os países se conscientizam da importância de se preservar o Meio Ambiente, não só para nós, mas…

Por Editorial MDT em 15/07/2011

Cada vez mais os indivíduos de todos os países se conscientizam da importância de se preservar o Meio Ambiente, não só para nós, mas como para os nossos descendentes. É possível sim manter o desenvolvimento tecnológico, através de uma ampla divulgação pelos meios de informação, pelos técnicos que trabalham nas áreas rurais ao lado de agricultores, ensinando, doutrinando estas pessoas sobre a importância de se preservar a Natureza mantendo a sustentabilidade do meio em que vivem.

Inúmeras iniciativas com este propósito estão sendo tomadas no mundo inteiro. Uma preocupação cada vez mais crescente com a “saúde” de nosso planeta.

Na vigésima conferência da FAO (órgão das Nações Unidas, responsável pela Agricultura e Alimentação), discutiu-se o desenvolvimento tecnológico nas práticas utilizadas nos campos de plantio e criação animal, em áreas rurais do mundo inteiro. Mostrou-se primordialmente a preocupação com o meio ambiente e sua sustentabilidade.

A necessidade de se criar normas, limites e procedimentos adequados tanto para os agricultores quanto para as empresas que trabalham neste ramo, é absolutamente imprescindível, pois não há outra forma de progresso sem a preservação de nossos meios naturais.

É preciso parar já com explorações predatórias sem o menor cuidado e feitas indiscriminadamente. As consequências destas atitudes são imprevisíveis para o nosso planeta e podem, segundo especialistas altamente renomados, trazer a fome, devastações e, consequentemente, guerras.

Aliar o respeito à Natureza com o uso sustentável e consciente da exploração de recursos naturais, deve ser um trabalho contínuo, incansável e educacional. Principalmente com as populações rurais que não possuem conhecimento específico e habitam no campo.

Manter a biodiversidade nestes locais, evitando a erosão que destrói as plantações é economicamente viável e os técnicos já provaram isso.

Nos grandes centros urbanos a preservação do meio ambiente e sua sustentabilidade também merecem cada vez mais atenção. Algumas empresas já se engajaram neste processo. E cresce, cada vez mais, a adesão de indivíduos e entidades a esta causa. A reciclagem (tanto no meio rural quanto nas grandes cidades), já se tornou uma realidade.

A cada dia técnicos lançam novidades sobre a sustentabilidade do meio ambiente também nas grandes metrópoles. Os moradores, mais informados e conscientes reconhecem a necessidade de ser ter o “verde” dentro de suas casas, pelos benefícios que oferece.

Já são famosas as Coberturas Verdes que integram perfeitamente os ambientes, proporcionam uma diminuição na temperatura dos edifícios, tornando-os mais frescos e a presença das plantas são excelentes para amenizar os efeitos nocivos da poluição.

Garantir a sustentabilidade do Meio Ambiente, seja no meio rural ou nas grandes cidades, é um desafio universal. Antes de qualquer iniciativa empresarial, de órgãos ligados à causa, atitudes isoladas de grupos, é preciso que haja Educação. Que os governos responsáveis em cada país, se voltem para um projeto educacional como prioridade absoluta. Só assim, poderíamos reverter o quadro caótico que aí está tornando uma obrigação o respeito à Natureza, criando mecanismos eficazes do controle absoluto das empresas que exploram os nossos recursos naturais.

Podemos assim, através de uma imensa mobilização internacional, evitar que mais estragos sejam feitos ao nosso Meio Ambiente e provar aos céticos que a vigilância de todos nós ininterruptamente, a pressão contínua sobre nossos representantes políticos podem sim diminuir as devastações, os atos inescrupulosos de empresas que só visam o lucro a qualquer custo, esquecendo eles mesmos, que também serão vítimas das reações naturais do nosso Planeta diante de tantas agressões.

Top