Megaupload sai do ar acusado de violar Direitos Autorais

Um dia após diversos sites saírem do ar em protesto aos projetos de lei anti-pirataria que tramitam no congresso americano, chamados de SOPA (Stop…

Um dia após diversos sites saírem do ar em protesto aos projetos de lei anti-pirataria que tramitam no congresso americano, chamados de SOPA (Stop Online Piracy Act) e PIPA (Protect IP Act), um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo é tirado do ar.

Sai do ar o maior site de compartilhamento de arquivos do mundo

O site de compartilhamentos Megaupload foi retirado do ar esta quinta-feira (19) pelo FBI e o dono preso, acusado de violar as leis anti-pirataria, hospedando materiais protegidos pelos direitos autorais pertencentes à diversas empresas de entretenimento.

A acusação, feita por promotores federais do estado da Virginia, alega que desde sua fundação, o site já causou um prejuízo equivalente há mais de US$ 500 milhões (R$ 881 milhões) por facilitar o download de materiais protegidos pelos direitos autorais, o que seria considerado facilitação à pirataria.

Em nota oficial, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou que Kim Dotcom, dono e fundador do site, também conhecido como Kim Schmitz, e outros três executivos da empresa foram presos a pedido dos oficiais americanos, esta quinta-feira, na Nova Zelândia.

A empresa afirmou que as medidas cabíveis serão tomadas para reverter a decisão e que as afirmações de que o músico Swizz Beatz listado como CEO da empresa que é baseada em HongKong possibilitava a infração das leis de direitos autorais eram “Extremamente exageradas”.

Ainda em defesa de seu ponto de vista a empresa aproveitou a mesma nota divulgada para relacionar as informações acima posicionando-se também sobre a acusação de infração às leis de direitos autorais. “A maioria do tráfego de dados feito pelo Megaupload é legítimo e estamos aqui para ficar. Se a indústria de conteúdo quiser tirar vantagem da nossa popularidade, estamos felizes em abrir um diálogo. Temos boas ideias, entrem em contato”.

Leia Também:  Cerca de 80% das famílias brasileiras devem ter acesso à internet até 2015

Repercussão do fechamento do Megaupload

Após o fechamento do Site, a repercussão foi imediata, causando comoção entre os internautas. A Hashtag Megaupload logo alcançou o primeiro lugar entre as palavras mais tuitadas em todo o mundo.

O grupo hacker conhecido como Anonymous também manifestou sua oposição ao processo instaurado pelos promotores da Virginia, como forma de protesto, o grupo retirou do ar os sites do Departamento de Justiça, da universal Music e da Associação da Indústria de Gravação da América. O anúncio do ataque foi feito utilizando a página do grupo no Twitter (@anonops), cerca de 19h.

Mesmo com o ataque do grupo, o site continuará fechado, pelo menos até a conclusão do inquérito, o que deixa milhares de internautas órfãos, não apenas de arquivos que receberiam quanto de seus próprios arquivos, uma vez que o site funcionava como um disco virtual. Agora só resta esperar o inquérito e o desenrolar do processo para saber se o Megaupload realmente foi fechado para sempre, ou retornará algum dia.

Top