Medo de dirigir: aprenda como superar

Apesar da imensa quantidade de veículos e motos no estado de São Paulo, ainda há um número restrito de pessoas que tem medo de…

Por Editorial MDT em 05/03/2013

Apesar da imensa quantidade de veículos e motos no estado de São Paulo, ainda há um número restrito de pessoas que tem medo de dirigir. Em geral, são elas apresentam suor, tremedeira, taquicardia e, até mesmo, vontade de sair correndo, quando estão ao volante. Segundo dados, em cada grupo de cem indivíduos, seis deles possuem medo de dirigir. No entanto, esse problema  deixou de ser algo particular e passou a ser um risco à sociedade, por ser uma das causas de acidentes de trânsito. Para quem tem dificuldade de sentar em frente ao volante, separamos abaixo algumas dicas de como superar o medo de dirigir.

Saiba como superar o medo de altura.

Geralmente, o medo de dirigir surge após algum tipo de trauma. (Foto: divulgação)

Saiba como o medo de dirigir surge

Na maioria das vezes, o medo de dirigir surge após o indivíduo presenciar ou vivenciar algum tipo de acidente no trânsito, independentemente se tenha sido um acidente leve ou grave. Outras situações também podem colaborar com o desencadear desse sentimento, entre eles um assalto ou um sequestro relâmpago. Além disso, um número seleto de pessoas tem medo de dirigir, pelo simples fato de ser uma característica da sua personalidade. Isso porque o ato de dirigir, acaba expondo o indivíduo à críticas e observações de outras pessoas.

Aprenda a identificar o medo de dirigir

Especialistas afirmam que há diversas formas de avaliar se uma pessoa tem ou não medo de dirigir. Em geral, esse problema pode ser identificado a partir de sinais e sintomas que o indivíduo apresenta, ao se sentar em frente ao volante. Conheça abaixo quais são as manifestações clínicas da fobia de dirigir.

  • Taquicardia;
  • Boca seca;
  • Suro excessivo;
  • Tremor;
  • Vontade de fazer xixi;
  • Dor de barriga;
  • Ânsia de vomito;
  • Formigamento nas mãos, nos pés e nas pernas;
  • Dor de cabeça.

Caso a pessoa apresente cinco ou mais das características descritas anteriormente, é ideal que ela busque a orientação de um especialista. Este profissional a ajudará a superar o medo, tornando-a um motorista seguro e independente.

Sessões de psicoterapia ajudam o indivíduo a superar a fobia de dirigir. (Foto: divulgação)

Superar o medo de dirigir é possível!

A pessoa que tem medo de dirigir deve buscar a orientação de um especialista para ser identificada em relação ao tipo do problema. Isso porque cada caso recebe um tipo de tratamento específico. Assim, a pessoa deverá passar por sessões de psicoterapia, com o intuito de compreender melhor os seus processos psíquicos e que estão diretamente relacionados ao desconforto perante a situação de dirigir um carro.

A superação do medo de dirigir acontece através de uma associação de trabalhos sobre os aspectos emocionais e práticos do indivíduo, através do resgate da autoestima, da redução da ansiedade e ressaltando os aspectos positivos da personalidade desse motorista. Isso tudo, visa um autoconhecimento, colaborando com uma maior segurança ao guiar um carro.

Dicas de como superar o medo de dirigir

Separamos abaixo algumas dicas de como superar o medo de dirigir. No entanto, elas estão indicadas para os indivíduos que já aprenderam as técnicas de direção e que possuem carteira de motorista.

  • Tirar e colocar o carro na garagem, quantas vezes forem necessárias, ajuda o indivíduo a criar confiança;
  • Inicie o processo de dirigir, dando voltas pelo quarteirão. Quando o indivíduo se sentir seguro, ele deve aumentar a distância, passando a dois, três quarteirões e assim por diante;
  • A pessoa pode traçar 10 destinos para ir de carro, como por exemplo, a escola dos filhos e o supermercado;
  • Os objetivos devem ser colocados por ordem gravidade, do mais fácil, para o mais difícil;
  • É ideal realizar os objetivos aos poucos, evitando a ansiedade e a auto-cobrança.

    Muitos indivíduos possuem medo de dirigir. (Foto: divulgação)

O medo de dirigir é uma realidade e necessita de tratamento específico. Assim, diante de qualquer uma das manifestações anteriormente citadas, é ideal buscar a orientação de um especialista.

Saiba como superar o medo de falar em público.

Top