MEC decide aumentar carga horária de alunos na educação básica

Hoje o Ministério da Educação (MEC) optou por investir em novas diretrizes para a carga horária na educação básica brasileira. Com a decisão, o…

Ministro da Educação Fernando Haddad expôs proposta de mudanças no mês passado (Imagem: Valter Campanato/ABr)

Hoje o Ministério da Educação (MEC) optou por investir em novas diretrizes para a carga horária na educação básica brasileira. Com a decisão, o ministério pretende enviar um projeto ao Congresso propondo aumentar uma hora por dia no dia letivo dos alunos.

O assunto veio a tona no mês passado, quando a divulgação do desempenho das escolas no Enem evidenciou as diferenças entre ensino privado e público. Inicialmente houve dúvidas a respeito das mudanças. As opções eram o aumento do número de dias letivos ou ampliação da jornada diária.

A questão vem sendo discutida com entidades representativas, que descartaram definitivamente o o aumento de dias letivos: este seria inviável devido a feriados e as férias dos professores, que legalmente tem direito 30 dias mais 15 de recesso. Esta semana houve a conclusão de quantas horas a mais seriam acrescentadas.

O projeto, que será encaminhado ao Legislativo em até três semanas prevê também um período dsee adaptação das redes públicas e privadas de ensino, que ainda não foi definida.

Top