Mau cheiro nas axilas: como evitar

Não existe nada mais constrangedor que percebermos o mau cheiro à nossa volta. Pior ainda quando ele vem das nossas axilas. Então, olhamos para…

Por Editorial MDT em 23/05/2012

Se as pessoas se afastam de você, é hora de cuidar das suas axilas. (Foto: Divulgação)

Não existe nada mais constrangedor que percebermos o mau cheiro à nossa volta. Pior ainda quando ele vem das nossas axilas. Então, olhamos para os lados e notamos que todos fazem caras feias e tentam fechar os narizes. Entretanto, esse é um problema que nem sempre está relacionado à falta de higiene e pode acarretar tanto homens quanto mulheres. Se você sofre desse mal, saiba como evitar o mau cheiro nas axilas.

Leia também: Chulé – Como Tratar, Como Evitar.

Ao contrário do que muita gente pensa, o mau cheiro das axilas não é causado pelo suor, que é composto apenas por água e sal, mas sim pelas bactérias que se alimentam dele. Por isso, a higiene local é tão importante para evitar o forte odor. Para tanto, depile-as para que os microorganismos tenham menos espaço para se esconderem, use sabonete na hora do banho, que deve ser diário e passe um antitranspirante sempre que começar a suar.

Você também vai gostar de ler: Desodorante e Antitranspirante – Conheça as Diferenças.

Passe o antitranspirante sempre que começar a suar. (Foto: Divulgação)

O antigo ditado: “Você é o que você come” pode estar diretamente relacionado ao mau cheiro das axilas, pois é através delas que é exalado o suor, que vem da corrente sanguínea. Portanto, alimentos muito condimentados contendo alho, cebola, peixe, curry, pimentas e outros temperos com cheiro forte além de bebidas alcoólicas e carne vermelha são causadores do odor axilar. Por outro lado, existem alimentos que fazem com que esse odor diminua: água, frutas, legumes, ervas e azeite de oliva.

Atente-se também às roupas que você usa. Se você sente o mau cheiro das suas axilas, prefira as vestimentas confeccionadas em fibras naturais e os exercícios só devem ser feitos com roupas que suguem a umidade do corpo para mantê-lo seco. Mantenha sempre as roupas limpas e evite reutilizá-las, principalmente se estiverem suadas.

Prefira roupas de fibras sintéticas e não reutilize as suas vestimentas antes de lavá-las. (Foto: Divulgação)

Caso nenhuma dessas dicas funcionem, procure um dermatologista, que poderá te indicar o tratamento certo para que você pare de sofrer por causa do mau cheiro das suas axilas. Tais tratamentos variam entre uma prescrição de antitranspirante com cloreto de alumínio até uma curetagem por lipoaspiração para a retirada das glândulas sudoríparas das axilas. No entanto, cada caso é diferente e é preciso consultar o médico para que ele indique o melhor tratamento para você.

Top