Maracanã pode não receber Seleção Brasileira na Copa das Confederações

Já é de conhecimento de todos que a Seleção Brasileira só joga no Maracanã se chegar na final do mundial de 2014. Porém, a…

O Maracanã pode deixar de receber a Seleção Canarinho (Foto: Divulgação)

Já é de conhecimento de todos que a Seleção Brasileira só joga no Maracanã se chegar na final do mundial de 2014. Porém, a situação não será muito diferente na Copa das Confederações, que começa no dia 15 de junho, na cidade de Brasília com a Seleção Canarinho.

A reforma do Maracanã está tendo um custo de R$ 1 bilhão e pode atingir R$ 1,5 bilhão, conforme disse o deputado Romário. A COL determina que seis cidades sejam sede da Copa das Confederações, ou seja, a Seleção do Brasil jogará na abertura na capital nacional, em um sábado (15 de junho), na quarta-feira 19, em Fortaleza, e no sábado seguinte, em Salvador.

Leia também: Situação dos estádios da Copa de 2014 é crítica, declara Fifa

A torcida carioca terá que torcer mais que o normal para que a Seleção de Mano Menezes passa para sas semifinais (Foto: Divulgação)

A tabela acaba forçando a Seleção Brasileira a aguardar os resultados para saber se vai para o Rio de Janeiro, pois só irá a capital carioca, no dia 30 de junho de 2013, se chegar, e passar, pelas semifinais da Copa do Mundo, que serão disputadas em Fortaleza e Belo Horizonte.  Se o cenário determinado pela COL com cinco cidades for sem Salvador, a Seleção jogará em Brasília, Fortaleza e Rio.

Agora, se a opção adotada para a Copa das Confederações for com quatro cidades sedes, sem Recife e Salvador (sempre mantidas as datas de 15, 19 e 22 de junho) a Seleção Brasileira abre a competição na capital federal, segue para Fortaleza e joga na Cidade Maravilhosa.

Leia também: Comitê Olímpico contrata profissionais para 2016

Leia Também:  Os cuidados necessários nas redes sociais

Desse modo, os cariocas estão torcendo para que o modelo da COL, com seis cidades sedes, seja “derrubado”. Porém, essa torcida é mais contra do que a favor da nação, já que dessa maneira outras capitais deixarão de receber a Seleção Brasileira no início da competição, tendo que torcer duplamente para que o time de Mano Menezes finalmente tenha um bom resultado.

Top