Maquiagem para bailarina – dicas

Para pensarmos a maquiagem realizada por e para bailarinas é preciso que, antes de qualquer coisa, a gente deixe para trás quase tudo o…

Para pensarmos a maquiagem realizada por e para bailarinas é preciso que, antes de qualquer coisa, a gente deixe para trás quase tudo o que sabe em relação a maquiagem que usamos no dia a dia ou em festas! A maquiagem de palco não segue os padrões da maquiagem fora dele. Algumas dicas são as mesmas, mas é preciso lembrar que o palco exige outras coisas de quem se apresenta nele e que cada peça apresentada é um universo diferente e exige uma construção diferente, tanto no cenário e no figurino quanto na maquiagem.

A preparação da pele para receber a maquiagem da bailarina é a mesma que já indicamos várias vezes: limpe muito bem o rosto, use um tonificante ou adstringente, conforme o seu tipo de pele e hidrate – sempre com produtos oil free e um hidratante em gel é a melhor opção. Considere que no palco a luz e a transpiração causada pelos movimentos vão fazer de tudo para derreter a maquiagem. Um segredo é usar um ótimo primer para a maquiagem do rosto e primers específicos para sombras e batom. Existem também alguns sprays fixadores de maquiagem que podem ser usados depois que o visual está pronto, mas tome muito cuidado com o que você compra: todos os produtos usados devem ser de excelente qualidade! E dê preferência aos produtos em pó. A base líquida e as sombras em creme tem uma tendência maior para derreter no meio da apresentação, deixando a maquiagem borrada. Quando passar a base em pó, aplique um pouco no pescoço e no colo, para não existir diferença entre a cor do rosto e a cor do resto do corpo. Algumas bailarinas utilizam base um tom mais claro que o da pele, para não ficar muito escuro no palco, mas isso depende da iluminação e a aplicação deve ser muito bem feita para que o público não perceba a diferença.

Leia Também:  Prendedores de cabelo: dicas para escolher

O espectador de uma peça fica consideravelmente longe das bailarinas. Por isso a maquiagem deve servir para dar destaque ao rosto e as expressões que ela faz. Abuse de batons vermelhos em tons vivos para aparecer no palco e não se preocupe com o exagero: dar destaque para os olhos e a boca é fundamental, ao contrário do que acontece no dia a dia, quando optamos por destacar apenas uma parte da maquiagem, prezando pelo equilíbrio. Batons marrons tem uma tendência a aparecerem pretos no palco, por causa da iluminação. Só use se for essa a ideia do seu figurino. Os olhos devem ser muito bem destacados. O lápis preto deve ser passado ao redor dos olhos, por fora, mas sem que o delineado em c ima encontre o traço debaixo. Para abrir o olhar não se esqueça de usar muito rímel e até mesmo os cílios postiços – nesse caso a cola deve ser de qualidade para que eles não se soltem durante o espetáculo e a linha da cola pode ser disfarçada com o uso do lápis preto. Outra coisa que ajuda a abrir o olhar (e tornar os olhos mais visíveis de longe) é passar lápis branco na linha de água dos olhos. A sombra deve ser escolhida de acordo com o figurino, mas uma sombra iluminadora logo abaixo das sobrancelhas e recomendada. Um detalhe muito importante é a própria sobrancelha: não tenha medo de usar um lápis marrom ou preto para refazer o desenho de suas sobrancelhas e até mesmo alongar um pouco! As sobrancelhas perfeitas são fundamentais para o visual da bailarina. O importante é não se esquecer de levar em conta o figurino e a iluminação. É importante que a bailarina saiba fazer a própria maquiagem, mesmo que não seja ela quem vá fazer isso no dia do espetáculo. Conhecendo a maquiagem e os materiais utilizados ela pode prezar pela qualidade de seu visual e discutir opções com o maquiador.

Leia Também:  5 modelos de cortes para quem tem cabelo fino

Selecionamos dois vídeos com maquiagens de espetáculos para você conhecer um pouco mais das técnicas utilizadas.

Black Swan

Nutcracker

Top