Manthus e Heccus para gordura localizada e celulites

Alimentar-se de forma saudável, praticar atividades físicas com regularidade, afastar-se de substâncias nocivas ao corpo e que causam dependência…tudo isso colabora não apenas com…

Alimentar-se de forma saudável, praticar atividades físicas com regularidade, afastar-se de substâncias nocivas ao corpo e que causam dependência…tudo isso colabora não apenas com a saúde, mas também com a beleza do corpo. Em busca de medidas ideais, mulheres e homens dedicam uma parte de seu dia à academia ou a qualquer outra atividade que favoreça a beleza corporal. No entanto, mesmo com um estilo de vida adequado, há pessoas que não conseguem eliminar as celulites e a gordura localizada. Para isso, existem tratamentos estéticos específicos, que podem ajudar muito nessa tarefa. Saiba mais sobre Manthus e Heccus para gordura localizada e celulites.

Tratamentos ajudam, na busca pelo corpo perfeito (Foto: Divulgação)

O que é Manthus?

Flacidez, gordura localizada e celulites podem ser combatidos com o tratamento Manthus. A técnica é feita em clínicas de estética especializadas e combina ultrassom e microcorrentes elétricas. O calor do ultrassom quebra as moléculas de gordura e as correntes elétricas contribuem para potencializar essa ação. Além disso, a corrente estimula o sistema linfático, que elimina as gorduras na urina ou nas fezes, com mais eficiência.

O Manthus pode ser usado para o tratamento de áreas como as costas, as pernas, barriga e braços. A celulite também é diminuída, nestas regiões, muitas vezes eliminada.

Técnicas unem ultrassom e correntes elétricas (Foto: Divulgação)

Para alcançar resultados com o Manthus, são necessárias, no mínimo, dez sessões do tratamento, que devem ser feitas em dias alternados, 2 ou 3 vezes por semana. Os primeiros resultados podem ser observados, a partir da terceira sessão.

Embora o Manthus não seja um tratamento invasivo, ele tem algumas contraindicações, como para pessoas com diabetes, com doenças hepáticas ou renais, gestantes, cardíacos, epiléticos, pessoas com varizes, com próteses, DIU, entre outros. Portanto, antes de optar pelo tratamento, é importante consultar um médico.

Leia Também:  Dicas de batom para cada tipo de pele

O que é Heccus?

Número de sessões varia, de 10 a 30 (Foto: Divulgação)

O tratamento com Heccus não é muito diferente do Manthus. Na realidade, os nomes se referem aos próprios aparelhos utilizados nas sessões.

O Heccus também combina corrente elétrica e ultrassom (correntes de média frequência – Aussie). Ele também age com o calor do ultrassom, quebrando as moléculas de gordura e facilitando o trabalho de eliminação pelo sistema linfático. O que pode variar, entre os dois aparelhos, é a intensidade das correntes ou do calor.

Vale lembrar que, para qualquer dos casos, é preciso antes consultar um médico, caso haja algum fator de risco. Também é importante frisar que a eficácia do tratamento só poderá ser constatada, se o paciente investir em uma vida saudável, em conjunto, evitando alimentos gordurosos e açucarados e praticando atividades físicas.

 

Top