Mal e Mau: qual a diferença, aprenda

Na nossa língua e nas outras, existe um número muito grande palavras que têm a pronúncia idêntica, ou seja, quando as falamos, elas não…

Na nossa língua e nas outras, existe um número muito grande palavras que têm a pronúncia idêntica, ou seja, quando as falamos, elas não têm diferença alguma, embora possam ter diferentes significados. Enquanto pronunciadas, tais semelhanças não nos oferecem maiores problemas, desde que saibamos identificar o que cada uma delas significa. No entanto, ao escrevê-las, faz-se necessário saber identificá-las, utilizando-se de sua grafia correta. Esta é uma das características de nossa língua que acabam por desanimar os seus falantes, levando-os a afirmar que “a língua portuguesa é muito difícil”. É fato que muitas regras não são tão simples de serem compreendidas. Porém, outras não são tão difíceis. É o caso das palavras Mal e Mau. É bem recorrente a sua grafia errada. Porém, elas apresentam regrinhas bem fáceis. Quer ver? Aprenda a diferença entre Mal e Mau.

Na hora de escrever, surge a dúvida (Foto: Divulgação)

A palavra Mal

A palavra Mal pode representar duas classes gramaticais, dentro de uma frase: advérbio ou substantivo. Quando ela “funciona” como advérbio, pode ser substituída por palavras como “erradamente” ou “irregularmente”. Ao escrever, verifique se tais palavrinhas podem representar suas ideias e substituir a palavra “mal”. Se sim, então ela deverá ser escrita com a letra “l”. Veja alguns exemplos:

– “Sabíamos que ele se comportaria mal.

– “As ideias da emissora repercutiram mal, na noite anterior. Era evidente que estava mal-intencionada.”

– “O time jogou muito mal.

Para entender com mais facilidade, basta pensar em sua ideia contrária, que é a palavra “bem”. Se puder substituir com ela a palavra mal, então ela estará escrita de forma correta.

Mal e Mau podem ser facilmente entendidos (Foto: Divulgação)

Como substantivo, a palavra mal pode significar “doença”, “moléstia” ou, em alguns casos, “aquilo que é prejudicial ou nocivo”. Veja só:

Leia Também:  Imagine Cup 2012: inscrições para Torneio Mundial de Computação

– “A febre amarela é um mal que ainda atormenta populações pobres.”

– “Fechar os olhos a tudo que está acontecendo é um grande mal.

A palavra Mau

A palavra Mau, de forma simples, pode ser substituída pela palavra “bom”. Esta seria a sua ideia contrária. Ela “funciona” na frase como um adjetivo, ou seja, uma qualidade que, neste caso, é ruim. Sua forma feminina é a palavra “má”. Veja exemplos:

– “Ele não é um mau sujeito.”

– “Que coisa de mau gosto.”

– “Ela tem um coração mau.”

A leitura intensa é sempre a melhor forma de aprender (Foto: Divulgação)

Este é um assunto que, geralmente, é cobrado em provas, apesar de ser relativamente simples. Aprendendo a organizar os estudos em casa, é possível entender e decorar todas as regrinhas da nossa língua. Com o tempo, acostuma-se com elas e mal se percebe a sua dificuldade. Mesmo que não gostemos de tais assuntos, é preciso aprendê-los, pois todos os processos seletivos irão cobrá-los. Quem pensa em estudar para concursos públicos, por exemplo, deve se dedicar muito ao estudo da língua portuguesa, pois estes pequenos detalhes costumam derrubar os candidatos.

Top