Mãe autoritária - Saiba quais são os riscos

Mãe autoritária – Saiba quais são os riscos

Entenda o comportamento de uma mãe autoritária – saiba quais são os riscos. Criar os filhos fazendo todas as suas vontades não é sinônimo…

Por Editorial MDT em 16/03/2015

Entenda o comportamento de uma mãe autoritária – saiba quais são os riscos. Criar os filhos fazendo todas as suas vontades não é sinônimo de ser uma boa mãe. Por outro lado, impor as suas vontades a eles, também não te rotula como sendo uma ótima educadora. Uma educação autoritária certamente faz com que os filhos obedeçam aos seus pais, mas não os transforma em pessoas equilibradas, responsáveis e coerentes. Portanto, saiba quais são os riscos de ser uma mãe autoritária.

Mãe autoritária - Saiba quais são os riscos. (Foto: Divulgação)

Uma mãe autoritária é aquela que impõe as suas regras sem dar explicações e às vezes, pode até usar da violência para fazer a sua palavra valer. Com isso, as crianças crescem sem vontade própria e sem estímulos para usar a criatividade ou o bom senso em suas decisões.

Leia mais: Dicas para ser uma boa mãe

Mãe autoritária – saiba quais são os riscos

Algumas mães confundem o autoritarismo com autoridade, palavras parecidas, mas com sinônimos diferentes. As mães precisam ter autoridade sobre os seus filhos, ou seja, eles devem entender que elas têm a razão. Por outro lado, o autoritarismo não dá chances para que as crianças argumentem ou tentem expor o seu ponto de vista, ficando frustradas e confusas.

Algumas mães continuam autoritárias até mesmo quando os filhos se tornam adultos. (Foto: Divulgação)

Entenda os problemas desencadeados por uma mãe autoritária – saiba quais são os riscos:

Filhos confusos e com medo

Os filhos de mães autoritárias realmente ficam confusos porque nem sempre elas são coerentes quanto às decisões que tomam. Elas simplesmente impõem algo aos seus filhos sem lhes explicar o porquê. É preciso impor limites aos filhos, porém, coerentemente, pois as crianças têm o direito de saberem o motivo de não poderem fazer algo. Assim, elas crescem responsáveis e equilibradas, já que saberão lidar com regras na escola ou no trabalho.

Confira: Filho agressivo: o que fazer

Violência em casa

Como não conseguem fazer com que os seus filhos lhes obedeçam, já que não entenderam as regras, as mães autoritárias gritam e batem neles. O uso da violência nunca foi a melhor forma de educar uma criança, por isso deve ser evitado.

O autoritarismo da mãe pode deixar o filho revoltado. (Foto: Divulgação)

Filhos revoltados e impacientes

Os filhos de mães autoritárias ficam revoltados e impacientes, principalmente porque não lhes foi explicado o real motivo da severidade de suas mães.

Como educar sem autoritarismo?

A melhor forma de educar os filhos é na base do diálogo, onde eles podem expor os seus pontos de vista e você, os seus. Assim, todos podem chegar à uma conclusão e com justiça.

A educação autoritária pode trazer inúmeros riscos para os seus filhos porque ela é imposta e tudo o que é obrigatório torna-se sem sentido. Portanto, se você for uma mãe autoritária, criará filhos sem expressão, sem discernimento e sem objetivos.

A melhor forma de educar o filho é mantendo o diálogo. (Foto: Divulgação)

Veja também: Como ser uma mãe equilibrada

É fundamental que você conheça o comportamento da mãe autoritária – saiba quais são os riscos. Dessa forma, é possível ensinar os filhos com respeito, amor e muito carinho.

Top