Macaco muriqui pode ser mascote dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro de 2016

Macaco muriqui pode ser mascote dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro de 2016

Uma campanha para eleger o macaco da espécie muriqui a ser o mascote dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016 foi lançada…

Por Redacao em 27/10/2011

Uma campanha para eleger o macaco da espécie muriqui a ser o mascote dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016 foi lançada pela Secretaria estadual do Ambiente. Foi criado um site para candidatura, que teve início de funcionamento nessa quarta-feira (26), para que as pessoas possam votar no macaco e levar o projeto adiante.

O macaco foi escolhido para lembrar e alertar que a espécie está ameaçada de extinção. Com isso o objetivo é buscar apoio da população brasileira nessa causa, ou seja, conseguir conscientização para a proteção do animal. Além disso, a espécie possui características que se encaixam perfeitamente no espírito olímpico, como por exemplo a solidariedade e facilidade de harmonia em grupo.

Segundo o governo, o muriqui é considerado o maior primata das Américas e hoje, de acordo com a Secretaria do Ambiente, existem apenas 1,3 mil espécimes do macaco na natureza.

A campanha de eleição do muriqui conta com ajuda de artistas, em especial estão Gilberto Gil, Camila Pitanga e Chico Buarque, que participam do vídeo oficial. No site é possível que o público conheça todo o kit de comunicação, que inclui o filme, a logomarca, material gráfico e até mesmo o bicho de pelúcia.

Com o nome “Muriqui Rio 2016” e slogan “Abrace você também essa ideia”, a música “Aquele Abraço” de Gilberto Gil foi cedida por direitos autorais para realização da campanha. Tal conceito foi escolhido pelas manias do animal, que gosta de abraçar e é muito hospitaleiro, refletindo, consequentemente, o “jeitão” do carioca.

“A música foi escolhida devido ao fato de se tratar de um primata com hábitos muito sociais, que adora abraçar intensamente, o que também está de acordo com a imagem hospitaleira dos cariocas”, disse Marilene Ramos, presidente do Instituto Estadual do Ambiante (Inea).

A candidatura do muriqui será apresentada oficialmente no Jardim Botânico do Parque Lage, na Zona Sul.

Top