Lugares para conhecer em Jerusalém

Quem visita Jerusalém tem a oportunidade de conhecer uma cidade milenar, mas que, ao mesmo tempo, caminha em direção ao progresso. Por suas ruas…

Por Paulo Lima em 25/03/2013

Quem visita Jerusalém tem a oportunidade de conhecer uma cidade milenar, mas que, ao mesmo tempo, caminha em direção ao progresso. Por suas ruas a praças podemos encontrar religiosos fervorosos como também grupos multiculturais que acompanham as transformações sociais que atingem o mundo ocidental.

Por isso, a Cidade Santa não é destino apenas de cristãos, judeus e mulçumanos. Ela oferece atrativos para visitantes de todos os tipos, sendo, portanto, uma ótima opção para quem está em busca de lazer a entretenimento.

Veja também: Lugares para conhecer em Sidney.

Se você pensando em fazer uma visita à capital israelense, confira as sugestões que separamos, pois elas trazem alguns dos lugares que você pode conhecer em Jerusalém. São pontos ainda poucos explorados pelos turistas e que, portanto, aparecem como alternativas interessantes para quem quer fugir do óbvio. Confira!

Lugares para conhecer em Jerusalém

Quem vai à Jerusalém e passa pelo bairro judeu de Mishkenot Sha’ananim tem a oportunidade de conhecer o Moinho de Montefiore. Construído pelo britânico Sir Moshe Montefiore, em 1860, o moinho é um dos principais atrativos do bairro e fica na primeira região residencial erguida fora dos muros da Cidade Velha.

Agora, se você aprecia projetos arquitetônicos ousados, uma boa opção de passeio é o prédio da universidade mórmon Brigham Youg, localizado no Monte Scopus, a mais de 800 metros acima do nível do mar. Aqueles que atuam na área podem visitá-lo tanto para conhecer o empreendimento como buscar inspiração para os seus próprios projetos.

Turistas em busca de tranquilidade encontram no parque Ein Mabua o refúgio ideal para o agito da cidade grande. Localizado no deserto da Judéia, entre Jerusalém e Jericó, o parque reúne belas paisagens e um clima bastante agradável. Ela fica às margens do Rio Jordão, a menos de 30 quilômetros da Cidade Santa.

Descubra atrações grátis em Lisboa.

É claro que não poderíamos deixar de fora dois dos lugares mais visitados de Jerusalém, que são o tradicional Muro das Lamentações e a cúpula de ouro da Mesquita de Omar. Erguido no século VII e declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, em 1981, o templo é um dos pontos mais sagrados para os mulçumanos.

Lembrando que não é preciso por a mão no bolso para conhecer todos esses lugares, já que a entrada de visitantes é gratuita. Agora que você já conhece alguns dos principais pontos turísticos de Jerusalém, arrume suas malas agora mesmo e boa viagem.

Top