Luana diz que representa as mulheres

Na terça-feira (20), Dado Dolabella foi condenado a prisão pela agressão a ex-namorada, Luana Piovani e a sua camareira Esmê de Souza, que teve…

Na terça-feira (20), Dado Dolabella foi condenado a prisão pela agressão a ex-namorada, Luana Piovani e a sua camareira Esmê de Souza, que teve o braço imobilizado após ser empurrada pelo ator.

Na tarde desta quarta-feira (21), Luana respondeu a uma seguidora do Twiter que a acusou de estar “ lavando roupa suja” em público.

Isso não é roupa suja, anta, é um processo criminal no qual, involuntariamente, eu represento as milhares de mulheres brasileiras que sofrem agressão”, postou Luana em sua página no microblog.

Dado foi condenado por lesão corporal leve contra a atriz e grave no caso da camareira Esmeralda de Souza. O advogados de Luana , Marcelo Salomão, explicou a situação. “O caso foi apreciado primeiro por um juiz, e agora por três desembargadores. A decisão proferida confirma a decisão de primeiro grau. Porém, ainda cabe recurso”

Dado foi condenado a dois anos e nove meses de prisão em regime aberto. Ma ainda cabe recurso ao TJ, pois a decisão não foi unânime, um dos desembargadores acredita que o ator não deva ser julgado sob a Lei Maria da penha, já que não era casado com Luana quando tudo ocorreu, em 2008.

O ator também foi processado por agressão pela ex-mulher Viviane Sarahyba, com quem tem um filho. Viviane declarou que sofria constantes agressões físicas durante seu casamento com o ator, que durou apenas 11 meses.

Top