Loja própria ou franquia: qual a melhor opção?

Isabella Moretti 23/05/2013 Compras

Na hora de abrir o próprio negócio, muitas pessoas ficam em dúvida sobre escolher uma loja própria ou uma franquia. Na verdade, o melhor investimento depende do perfil do empreendedor e do capital que ele tem disponível.

Antes de investir, o empresário precisa estudar a sua ideia de negócio. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Investir em franquias: dicas

Quando a franquia é uma boa ideia?

O mercado de franchising brasileiro está em ritmo de crescimento. Este modelo de negócio conta com mais de 1600 redes e fatura 63 bilhões de reais ao ano.

Quem abre uma franquia tem a vantagem de ter um padrão pronto para seguir, ou seja, não terá o trabalho de criar a própria identidade no mercado. No entanto, o empresário precisa ter um bom projeto para que a sua ideia funcione.

O risco de a franquia falir é menor do que a loja própria, mas o empreendedor precisa buscar o máximo de informações possíveis sobre o se negócio. Ele também precisa gostar do conceito da marca que ele está representando, pois terá o dever de seguir uma padronização.

A franquia é ideal para quem busca um modelo pronto. (Foto:Divulgação)

Para quem não quer arriscar muito, a franquia é a melhor opção para investir. As redes de franchising costumam oferecer suporte para os empresários e tornam o negócio maduro em poucos meses.

Quando a loja própria é a melhor opção?

Investir em uma loja própria é um tipo de negócio independente. O empreendedor tem uma ideia, elabora o planejamento, abre a empresa e começa aos poucos a buscar espaço no mercado.

Apesar do grande número de lojas falidas e da expressiva concorrência, o proprietário de uma loja conta com muitas vantagens e chances de sucesso profissional. Ele tem, acima de tudo, liberdade para tomar as suas decisões, principalmente no que diz respeito aos produtos, fornecedores, ponto de venda e promoções.

A loja própria oferece mais liberdade para tomar decisões. (Foto:Divulgação)

A franquia costuma estabelecer regras e padrões para que o franqueado abra o seu negócio. Ela também estipula restrições contratuais e cobra uma taxa relacionada ao uso da marca. Se o empreendedor optar por uma loja própria, ele estará livre destes aspectos complicados do mercado de franchising.

Outra vantagem que a loja própria tem com relação à franquia é que ela pode ser vendida a qualquer momento. Já o franqueado que quer se desfazer do negócio depende da decisão do franqueador.

O empresário que possui uma loja própria tem maior autonomia para tomar decisões e resolver os problemas rapidamente. Já a franquia é mais complicada, principalmente quando as redes se expandem rapidamente e não conseguem atender a todos os franqueados.

Para os empresários com pouco capital, vale ressaltar que os custos iniciais de um negócio independente são menores do que em comparação a franquia.

Veja também: Como montar uma loja de roupas: dicas

Outros artigos

Brincadeiras em Grupo Infantil

24/06/2011

Brincadeiras em Grupo Infantil

Não há nada melhor que poder se divertir, principalmente na infância, por esse motivo as crianças sempre estão em busca de novas brincadeiras para que possam ter...