Loja própria ou franquia: qual a melhor opção?

Loja própria ou franquia: qual a melhor opção?

Na hora de abrir o próprio negócio, muitas pessoas ficam em dúvida sobre escolher uma loja própria ou uma franquia. Na verdade, o melhor…

Por Isabella Moretti em 23/05/2013

Na hora de abrir o próprio negócio, muitas pessoas ficam em dúvida sobre escolher uma loja própria ou uma franquia. Na verdade, o melhor investimento depende do perfil do empreendedor e do capital que ele tem disponível.

Antes de investir, o empresário precisa estudar a sua ideia de negócio. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Investir em franquias: dicas

Quando a franquia é uma boa ideia?

O mercado de franchising brasileiro está em ritmo de crescimento. Este modelo de negócio conta com mais de 1600 redes e fatura 63 bilhões de reais ao ano.

Quem abre uma franquia tem a vantagem de ter um padrão pronto para seguir, ou seja, não terá o trabalho de criar a própria identidade no mercado. No entanto, o empresário precisa ter um bom projeto para que a sua ideia funcione.

O risco de a franquia falir é menor do que a loja própria, mas o empreendedor precisa buscar o máximo de informações possíveis sobre o se negócio. Ele também precisa gostar do conceito da marca que ele está representando, pois terá o dever de seguir uma padronização.

A franquia é ideal para quem busca um modelo pronto. (Foto:Divulgação)

Para quem não quer arriscar muito, a franquia é a melhor opção para investir. As redes de franchising costumam oferecer suporte para os empresários e tornam o negócio maduro em poucos meses.

Quando a loja própria é a melhor opção?

Investir em uma loja própria é um tipo de negócio independente. O empreendedor tem uma ideia, elabora o planejamento, abre a empresa e começa aos poucos a buscar espaço no mercado.

Apesar do grande número de lojas falidas e da expressiva concorrência, o proprietário de uma loja conta com muitas vantagens e chances de sucesso profissional. Ele tem, acima de tudo, liberdade para tomar as suas decisões, principalmente no que diz respeito aos produtos, fornecedores, ponto de venda e promoções.

A loja própria oferece mais liberdade para tomar decisões. (Foto:Divulgação)

A franquia costuma estabelecer regras e padrões para que o franqueado abra o seu negócio. Ela também estipula restrições contratuais e cobra uma taxa relacionada ao uso da marca. Se o empreendedor optar por uma loja própria, ele estará livre destes aspectos complicados do mercado de franchising.

Outra vantagem que a loja própria tem com relação à franquia é que ela pode ser vendida a qualquer momento. Já o franqueado que quer se desfazer do negócio depende da decisão do franqueador.

O empresário que possui uma loja própria tem maior autonomia para tomar decisões e resolver os problemas rapidamente. Já a franquia é mais complicada, principalmente quando as redes se expandem rapidamente e não conseguem atender a todos os franqueados.

Para os empresários com pouco capital, vale ressaltar que os custos iniciais de um negócio independente são menores do que em comparação a franquia.

Veja também: Como montar uma loja de roupas: dicas

Top