Livros clássicos que não podem faltar na Biblioteca do Vestibulando

Confira livros clássicos que não podem faltar na biblioteca do vestibulando. Você está se preparando para prestar os principais vestibulares do país? Então leita…

Confira livros clássicos que não podem faltar na biblioteca do vestibulando. Você está se preparando para prestar os principais vestibulares do país? Então leita a matéria e conheça as obras literárias que são obrigatórias para ter um bom desempenho em literatura.

Livros clássicos que não podem faltar na Biblioteca do Vestibulando. (Foto Ilustrativa)

Livros clássicos que não podem faltar na Biblioteca do Vestibulando. (Foto Ilustrativa)

Milhões de brasileiros estão aproveitando o ano de 2016 para estudar para o vestibular e Enem. A preparação, na maioria das vezes, consiste em assistir videoaulas, fazer resumos, resolver exercícios de provas anteriores e ler os principais clássicos da literatura brasileira.

Leia mais: Livros Gratuitos Online Para Vestibular

Livros clássicos que não podem faltar na Biblioteca do Vestibulando

Alguns livros são considerados obrigatórios para passar no vestibular, afinal, eles foram escritos por autores consagrados e representam bem as características dos movimentos literários que pertencem. Ler os clássicos é uma forma de ter um bom desempenho na prova de língua portuguesa e literatura.

Confira a seguir os livros clássicos que não podem faltar na Biblioteca do vestibulando:

O cortiço, de Aluísio Azevedo

Todo estudante deve ler o livro “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo. O romance narra a história de João Romão, dono de uma habitação coletiva. Nesse lugar moram muitas pessoas com baixo poder aquisitivo, como é o caso de Rita Baiana, Jerônimo e Piedade.

O livro "O Cortiço" retrata teses naturalistas. (Foto Ilustrativa)

O livro “O Cortiço” retrata teses naturalistas. (Foto Ilustrativa)

O “Cortiço” é considerado um clássico da literatura brasileira porque difunde teses naturalistas. Ele mostra como o comportamento de cada personagem acaba sendo influenciado pelo meio onde ele vive, pelo momento histórico e até mesmo pela raça.

Dom Casmurro, de Machado de Assis

Dom Casmurro é o principal livro de Machado de Assis. Durante toda a narrativa em primeira pessoa, o leitor é conduzido pela fala de Bentinho, que fica em dúvida sobre a fidelidade da sua mulher, Capitu.  A obra apresenta praticamente todas as características do realismo, como a figura do herói problemático, as traições e a linguagem culta.

Saiba mais: Resumo de livros para vestibular

Vidas secas, de Graciliano Ramos

O vestibulando deve ler com atenção o livro “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos. A obra mostra de uma forma bem comovente e real a vida dos retirantes no Nordeste, que sofrem por causa da seca no sertão. O livro foi publicado em 1938 e reúne traços bem marcantes da segunda fase do modernismo.

Laços de família, de Clarice Lispector

Todos os vestibulandos devem ser os contos de Clarice Lispector. (Foto Ilustrativa)

Todos os vestibulandos devem ser os contos de Clarice Lispector. (Foto Ilustrativa)

Clarice Lispector sempre dá o ar da graça nos vestibulares, especialmente com trechos do seu livro “Laços de Família”. A obra reúne 13 contos, que refletem bem as experiências da autora com atividades do cotidiano. As histórias que compõem a coletânea deixam bem claro o significado da epifania.

A rosa do povo, de Carlos Drummond de Andrade

O livro “A rosa do povo” mostra, de uma forma bem clara, como a poesia era tratada no período do modernismo. A obra de Drummond tem características bem marcantes de metalinguística, ou seja, a poesia que reflete a própria poesia. O compromisso com a poesia social também aparece no livro.

Veja também: Livros literários mais pedidos para vestibular

Agora você já sabe quais são os livros clássicos que não podem faltar na Biblioteca do vestibulando. Essas obras são encontradas facilmente nas livrarias e até mesmo gratuitamente pela internet. Continue no Mundo das Tribos e veja outras publicações sobre estudos.

 

Top