Livros clássicos da literatura universal: dicas

Alguns livros conseguem ser tão bons, geniais e emocionantes que se tornam verdadeiros clássicos literários. Eles não possuem ligações com tempo e não se…

Alguns livros conseguem ser tão bons, geniais e emocionantes que se tornam verdadeiros clássicos literários. Eles não possuem ligações com tempo e não se prendem a lugares, além de abordarem aspectos psicológicos dos personagens, o que os torna universais, ou seja, nunca envelhecem e continuam a conquistar novos leitores e fãs a cada dia que passa.

(Foto: Divulgação)

Livros clássicos da literatura universal

Uma Tragédia Americana, de Theodore Dreiser

A última dica de clássicos da literatura universal é ‘ Uma Tragédia Americana’, obra de 1925 que conta a história de um jovem norte-americano muito ambicioso e que deseja subir socialmente usando quaisquer recursos disponíveis, inclusive aqueles que a própria sociedade de sua época condenava. Após problemas em seu relacionamento com uma jovem, ele decide matá-la para que ela não se intrometa e acabe com suas chances de ascensão social, apesar de deixar a ideia de lado no último momento, a jovem acaba falecendo e então ele é acusado.

Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa (Foto: Divulgação)

Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa

O romance nacional conta a história de Riobaldo, um jagunço que vive no sertão do Norte de Minas. Riobaldo é que narra as situações, contando a um interlocutor sobre sua paixão pelo jagunço Diadorim, que na verdade é uma mulher disfarçada que deseja vingar a morte de seu pai, sobre sua vida de guerreiro e as dificuldades enfrentadas em meio ao sertão.

Leia também: Melhores livros de Nicholas Sparks

O Estrangeiro, de Albert Camus

A trama da literatura universal conta a história de Mersault, um homem que não consegue desenvolver sentimentos como a dor e o remorso. Mersault faz amizade com Raymond Sintés, um cafetão, e ajuda o amigo a matar uma de suas amantes árabes. Pouco depois, o irmão da mulher aparece, procurando por respostas sobre o sumiço da irmã e acaba brigando com Raymond, que sai ferido do confronto. Mersault então procura o homem árabe e em meio a um grande delírio induzido pela forte luz do sol e o calor, acaba matando o homem árabe.

Lolita, de Vladimir Nabokov (Foto: Divulgação)

Lolita, de Vladimir Nabokov

O livro ‘Lolita’, de 1958, já foi retratado em filmes e continua sendo um dos maiores clássicos de todos os tempos. A trama conta a história de Humber, um professor quarentão que se vê atraído pela pré-adolescente Lolita. Para se aproximar da jovem, o professor decide casar-se com sua mãe, e depois que a mulher falece em um acidente de carro, Humber finge ser o pai de Lolita para a sociedade e ambos passam a viver como amantes, em um misterioso romance proibido.

Continuar Lendo  Jogos da época da vovó garantem diversão em férias

 Espiritismo: Conheça os 10 Melhores Livros Espíritas

Top