Livros brasileiros que mais venderam no mundo

A expressão best-seller vem da língua inglesa e, traduzida, significa, melhores vendedores. Por isso, ela é usada para designar aqueles livros que são mais…

Por Editorial MDT em 27/06/2012

A expressão best-seller vem da língua inglesa e, traduzida, significa, melhores vendedores. Por isso, ela é usada para designar aqueles livros que são mais vendidos em todo o mundo, independente do seu tipo de literatura, da qualidade dos seus textos e das críticas recebidas. Sendo assim, para ser um best-seller, o livro precisa alcançar um certo número de cópias vendidas, traduções, edições, revisões e exposição nos meios de comunicação de massa. No Brasil, apenas 4 autores alcançaram esse nível. Então, saiba quais são os livros brasileiros que mais venderam no mundo.

Se você gosta de romances, leia: Saiba quais São os Livros de Romance Mais Lidos.

Análise da Inteligência de Cristo – Augusto Cury

Augusto Cury é um famoso psiquiatra e escritor que desvenda a mente humana, propondo soluções para os problemas íntimos de cada ser. Entretanto, nessa coleção que contém 5 livros (“O Mestre dos Mestres”, “O Mestre da Sensibilidade”, “O Mestre da Vida”, “O Mestre do Amor” e “O Mestre Inesquecível”), ele promove uma abordagem psicológica e comportamental de Jesus Cristo. Para tanto, ele utiliza diversas áreas do conhecimento humano. Publicada em dezenas de países, a obra ficou famosa entre os professores acadêmicos, psicólogos e psiquiatras, que a recomendam não apenas para os cristãos, mas também para os crentes de outras religiões.

Análise da Inteligência de Cristo, dividida em 5 livros, é recomendada por acadêmicos de todo o mundo. (Foto: Divulgação)

O Alquimista – Paulo Coelho

Com essa obra, o nosso “Mago” conseguiu alcançar o título de best-seller . Nela, o autor narra a história de um jovem pastor, Santiago, que decide fazer uma longa viagem, que vai da Espanha ao Egito por causa de um sonho repetitivo. Nessa jornada, ele se vê lançado em uma imprevisível busca pelo esclarecimento dos grandes mistérios da humanidade desde o seu início. Traduzido para mais de 56 línguas, o livro teve mais de 65 milhões de cópias vendidas.

O Alquimista, de Paulo Coelho, vendeu mais de 65 milhões de cópias em todo o mundo. (Foto: Divulgação)

Os Sete – André Vianco

Nesse livro, o autor descreve a história de mergulhadores que encontram uma caravela naufragada e, de dentro dela, retiram uma grande caixa de prata. Quando a abrem, têm uma enorme surpresa: 7 vampiros do Rio D’Ouro saem dela para aterrorizar todo o Brasil. Com isso, André Vianco se consagrou como um grande autor de ficção, vendendo mais de 100 mil cópias.

André Vianco descreve o caos brasileiro com a invasão de vampiros. (Foto: Divulgação)

Obras de Jorge Amado

Os diversos títulos do baiano Jorge Amado foram traduzidos pelo mundo, ou seja, em 55 países e em 49 idiomas e dialetos. Seus livros mais famosos são: “Tieta do Agreste”, “Gabriela Cravo e Canela”, “Teresa Batista Cansada de Guerra” e “Dona Flor e Seus Dois Maridos”. Por isso, o escritor teve o seu dom reconhecido, em 1994, com o Prêmio Camões.

As obras de Jorge Amado foram exportadas para mais de 55 países. (Foto: Divulgação)

Esses são os livros que mais venderam no mundo, o que demonstra que a nossa criatividade tem aumentado a cada dia. Portanto, devemos valorizar os nossos escritores para que a nossa cultura seja difundida pelo planeta.

Mas se você prefere livros de auto-ajuda, leia: Livros de Auto-Ajuda Mais Vendidos do Brasil.

 

 

 

Top