Lista de Schindler original será leiloada

Quem nunca assistiu o filme a Lista de Schindler ao menos escutou falar sobre. O que muitos não imaginam é que a famosa relação…

Quem nunca assistiu o filme a Lista de Schindler ao menos escutou falar sobre. O que muitos não imaginam é que a famosa relação de nomes de judeus poloneses salvos dos nazistas pelo industrial alemão Oskar Schindler ainda está praticamente intacta. Se por algum motivo você gosta da Lista de Schindler, quer tê-la em casa ou até fornecer a um museu, saiba que ela será leiloada.

A Lista de Schindler original está sendo leiloada na internet (Foto: Divulgação)

Lance inicial por Lista de Schindler é de 3 milhões de dólares

Para comprar Lista de Schindler é preciso ter muito dinheiro, pois o lance inicial solicitado é de 3 milhões de solares. A relação histórica de judeus poloneses está à venda em um site de leilões. Existiam sete versões originais da listagem de Schindler, mas somente quatro delas estão intactas. Oskar Schindler solicitou que trabalhadores judeus fossem convocados para trabalhar em sua fábrica, e seus nomes forem relacionados em listagens.

Essas relações foram copiadas por um dos assistentes do alemão. O Museu do Holocausto de Israel guarda duas outras versões, enquanto a última está em posse do Museu do Holocausto dos EUA, em Washington.

Lista de Schindler original tem mais de uma versão intacta (Foto: Divulgação)

Dono da Lista de Schindler que está em leilão pagou mais 2 milhões de dólares

De acordo com a rede CBS News, o documento histórico que será leiloado em breve foi comprado pelo atual proprietário em 2010, pelo confidente de Schindler, Itzhak Stern, que cobrou 2,2 milhões de dólares pela Lista de Schindler.

A relação feita em 18 de abril de 1945, que está à venda tem catorze páginas e traz o nome de 801 judeus homens. “É um documento extremamente raro e de um significativo valor histórico que está no mercado”, falou o colecionador Gary Zimet, em entrevista ao jornal New York Post.

Leia Também:  Globo processa YouTube

“Muitos dos sobreviventes citados nesta lista e seus descendentes se mudaram para os Estados Unidos. Alguns nomes parecerão muito familiares para os moradores da cidade de Nova York”, concluiu o historiador. O nome do verdadeiro dono da Lista de Schindler está sob sigilo total e o leilão está sendo de responsabilidade de dois colecionadores: Zimet e Eric Gazin, da Califórnia.

Top