Ligação seguida entre celulares será cobrada como uma só

Isabella Moretti 30/11/2012 Notícias

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) determinou, nesta quarta-feira (28), que as ligações sucessivas de celular para um mesmo número deverão ser cobradas como uma chamada única. Desta forma, o usuário do serviço de telefonia não terá prejuízos financeiros por causa das constantes quedas, que normalmente acontecem por falta de qualidade no sinal da operadora.

Se a ligação cair, o usuário não vai precisar pagar mais caro por isso. (Foto:Divulgação)

Quando o usuário insiste várias vezes em um mesmo número, sucessivamente, isto significa que alguma coisa está errada. A queda é uma interferência de comunicação e pode afetar diretamente o bolso de quem faz a chamada.

Saiba mais: Como reclamar na Anatel

Chamadas seguidas valerão como uma única ligação

A decisão de mudar a forma de cobrar as ligações, aprovada pelo Conselho Diretor da Anatel, alterando o Regulamento do Serviço Móvel Pessoal, será divulgada em comunicado no Diário Oficial da União. A nova medida terá o prazo de 90 dias para entrar em vigor após a publicação.

A nova regra apresentada pela Anatel vai valer para todos os planos de telefonia móvel, tanto aquelas que cobram por tempo como também as que somam os gastos por chamada. O número discado também pode ser móvel ou fixo.

Ligações seguidas com intervalo máximo de 120 segundos serão cobradas apenas como uma chamada. (Foto:Divulgação)

Para que as ligações sejam consideradas sucessivas, elas devem ser refeitas em um intervalo máximo de 2 minutos, de um mesmo celular. Também é necessário que as chamadas sejam realizadas dos mesmos números de origem e destino.

Seguindo a determinação da Anatel, as operadoras terão que mudar a forma de calcular os gastos das ligações. Os clientes de planos que cobram por tempo devem arcar com as despesas das somas de segundos e minutos das chamadas seguidas. No caso dos planos que fazem tarifação por ligação, as diversas tentativas com intervalo máximo de 120 segundos serão cobradas apenas como uma chamada.

Queda de ligações dos celulares da TIM

A alteração na forma de cobrar as chamadas se tornou ainda mais necessária depois do que aconteceu com a TIM. O relatório de investigação da Anatel apontou suspeitas de que a operadora estava derrubando as ligações dos clientes de propósito para faturar mais na tarifação por chamada. A ‘queda’ estava sendo frequente, principalmente entre os usuários do plano Infinity, popular por cobrar pelo número de ligações e não pelo tempo de cada uma delas.

A Anatel apontou suspeitas de que a TIM estava derrubando as ligações dos clientes. (Foto:Divulgação)

A conclusão do relatório sobre quedas de ligações deve ser divulgada pela Anatel até o final do ano. Com novos estudos em mãos, os representantes da agência poderão constatar se as ligações caíram propositalmente ou aconteceram devido aos problemas operacionais. De acordo com a Anatel, a fiscalização tem sido realizada há dois anos.

Segundo as análises da Anatel, a Tim estaria caindo quatro vezes mais do que as outras empresas do setor.

Veja também: Anatel suspende venda de chips Oi, Claro e Tim

Outros artigos

Site de relacionamentos só para católicos

24/10/2015

Site de relacionamentos só para católicos

Site de relacionamentos só para católicos tem ganhado cada vez mais adeptos, não só no Brasil como também em outros países, reunindo pessoas que seguem a mesma fé e ...